Corinthians estipula teto salarial para novo treinador

10 mil visualizações 68 comentários

Por Meu Timão

Carille tem futuro incerto no comando técnico do Corinthians

Carille tem futuro incerto no comando técnico do Corinthians

Agência Corinthians

À procura de nomes no mercado depois da demissão do técnico Cristóvão Borges, a diretoria corinthiana tem em seu planejamento valores de acordo com as atuais possibilidades do clube. Com a meta de manter o teto salarial do antigo treinador, o departamento financeiro, consciente de que as chances são remotas, ampliou o valor para o salário que Tite recebia antes de deixar o cargo para assumir a Seleção Brasileira.

Em sua segunda passagem no Corinthians, de 2011 a 2013, o gaúcho tinha um salário em cerca de R$ 700 mil mensais, ao longo da trajetória que rendeu o Campeonato Brasileiro (2011), Libertadores e Mundial Interclubes (2012), além do Campeonato Paulista e Recopa Sul-Americana (2013).

Já na sua terceira trajetória no Timão, de 2015 até junho deste ano, Tite aceitou reduzir o montante para R$ 450 mil por mês, entretanto, sua porcentagem em premiações provenientes de conquistas seria bem maior, conforme ocorreu com a conquista do hexacampeonato brasileiro, segundo apurado pelo UOL Esporte.

Roger Machado, indicado por Tite depois de sua saída e consultado pela diretoria corinthiana, não aceitou a proposta de R$ 500 mil e optou por permanecer no Grêmio na ocasião, enquanto Cristóvão Borges, nome de menor expressão no cenário nacional, foi contratado por uma quantia superior à metade do que Tite recebia antes de entregar o cargo.

Atualmente com o auxiliar Fábio Carille como responsável por comandar a equipe, os dirigentes corinthianos seguem estudando candidatos para início de 2017 ou até mesmo já na atual temporada. Além do próprio Roger Machado, que está sem clube, Eduardo Baptista, atualmente na Ponte Preta, aparece como outro nome, porém está perto de acertar a prorrogação de seu contrato junto ao clube campineiro.

Velho conhecido da Fiel e muito experiente como treinador, Vanderlei Luxemburgo também chegou a ser cogitado dentro do Timão, mas devido ao alto custo salarial e com as exigências de peso em relação às contratações, tem seu nome praticamente descartado no Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Zoom Fuller retorna ao Corinthians Basquete após três meses de sua saída

    Corinthians anuncia retorno de Zoom Fuller para o time de basquete

    ver detalhes
  • Presidente do Corinthians, Duilio Monteiro, falou sobre os reforços de peso

    Duilio revela o percentual do Corinthians nos direitos de 'quarteto mágico'

    ver detalhes
  • Gabi Zanotti marcou o gol da vitória do Corinthians contra a Ferrroviária

    Corinthians vence Ferroviária e larga na frente por uma vaga na final do Paulistão Feminino

    ver detalhes
  • Fábio Santos vai ultrapassar o treinador que viu jogar e fazer história na sua atual função

    Sylvinho e Fábio Santos falam ao Meu Timão sobre relação e trajetórias no Corinthians

    ver detalhes
  • Em 2013, Sylvinho trabalhou como assistente de Tite no Corinthians

    Sylvinho fala sobre gratidão a Tite e enaltece conquistas do ex-treinador do Corinthians

    ver detalhes
  • Permanência de Sylvinho foi bancada pelo presidente Duilio Monteiro Alves; treinador chegou em maio e tem 48,81% de aproveitamento

    Duilio valoriza trabalho de Sylvinho e garante treinador no comando do Corinthians até 2022

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x