Interdição de setor diminui renda da Arena Corinthians em 11%

Interdição de setor diminui renda da Arena Corinthians em 11%

Por Meu Timão

Determinação imposta pelo STJD trará prejuízo de R$ 200 mil por jogo ao Timão

Determinação imposta pelo STJD trará prejuízo de R$ 200 mil por jogo ao Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians terá um prejuízo de 11% na arrecadação com bilheteria durante a interdição do setor Norte da Arena Corinthians, determinada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na noite da última terça-feira. Na prática, a BRL Trust Investimentos, fundo que administra o estádio, deixará de receber, em média, R$ 213.280,63 por partida.

O Meu Timão levantou a renda bruta dos 12 jogos realizados na Arena pelo Campeonato Brasileiro. Considerando todos os setores, incluindo Camarotes, Oeste Business e Oeste Vip, o clube embolsou cerca de R$ 21,4 milhões (R$ 1,7 milhão por rodada). Já incluindo apenas o setor Norte na conta, R$ 2,5 milhões entraram nos cofres alvinegros durante o período.

Na quarta à tarde, o Corinthians se pronunciou a respeito do assunto e confirmou que acatará a determinação do STJD. Membros dos planos Minha Vida, Minha História, Meu Amor e Minha Paixão do Fiel Torcedor que haviam comprado ingresso de Norte para o duelo com o Fluminense, domingo, às 16h (de Brasília), serão realocados para Leste Inferior. Associados do plano Minha Torcida, destinado às uniformizadas Camisa 12, Pavilhão 9, Coringão Chopp e Fiel Macabra, acompanharam o confronto na arquibancada Sul – sócios das organizadas Gaviões da Fiel e da Estopim da Fiel terão o dinheiro devolvido.

A interdição deverá ser mantida pelo STJD até que o Corinthians comprove que o local está em condições de segurança e com os devidos consertos das partes quebradas na briga do clássico com o Palmeiras, no último dia 17, quando torcedores corinthianos e policiais militares protagonizaram confronto à beira do campo.

Vale lembrar que o Timão tem dificuldades para pagar a construção da Arena Corinthians, avaliada em mais de R$ 1,2 bilhão. Em julho de 2015, após um período de carência de 19 meses, a diretoria alvinegra começou a quitar R$ 5 milhões mensais ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) referentes à dívida. Como as regras da instituição permitem que o período para início do pagamento seja de 36 meses, o clube interrompeu o acerto das parcelas do montante de R$ 400 milhões.

Copa BR - O Corinthians inicia nesta sexta-feira, a partir das 16h, a venda de ingressos para a partida contra o Cruzeiro pela abertura das quartas de final da Copa do Brasil, marcada para a próxima quarta (28), na Arena em Itaquera, às 21h45 (de Brasília). Por conta da interdição do setor Norte, o clube anunciou que sócios do Fiel Torcedor poderão pagar o mesmo valor por ingressos de Leste Superior (R$ 40).

Veja Mais:

  • Guilherme Arana é um dos principais jogadores do país em 2017

    Time espanhol trata Arana como prioridade e deve apresentar nova oferta para o Corinthians

    ver detalhes
  • Romero e Balbuena foram convocados pelo técnico Arce

    Lesão não impede convocação de Balbuena; Paraguai libera lista com os jogadores do Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians não vê jogo da equipe na TV aberta há quase um mês

    Fiel só tem uma opção para assistir na TV ao jogo do Corinthians contra Chapecoense

    ver detalhes
  • Elias deixou o Corinthians há um ano para reforçar o Sporting, de Portugal

    Por momento ruim do Atlético-MG, Elias cogita retorno ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes