Neste sábado, Corinthians tenta quebrar seca de dois meses e seis jogos

Neste sábado, Corinthians tenta quebrar seca de dois meses e seis jogos

Por Meu Timão

Duelo contra o Internacional, em julho, foi a última vitória do Timão como visitante

Duelo contra o Internacional, em julho, foi a última vitória do Timão como visitante

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians enfrenta um adversário extra na tarde deste sábado, no Rio de Janeiro, além do Botafogo. Trata-se do mando de campo.

Como visitante, o Corinthians não vence desde o dia 31 de julho, há exatos dois meses portanto. De lá para cá, o Timão disputou seis partidas fora de casa, somando quatro derrotas e dois empates.

Após bater o Internacional por 1 a 0 no Beira-Rio e assumir a liderança do Brasileirão, o Corinthians, como visitante, perdeu de Atlético-PR (2 a 0), Grêmio (3 a 0), Ponte Preta (2 a 0) e Santos (2 a 1) e empatou com Fluminense (1 a 1, pela Copa do Brasil) e Coritiba (1 a 1).

Chama atenção o fato de que, em 2015, atuar fora de casa não era um problema para o Timão. Com aproveitamento de 54% longe de casa, o Corinthians de Tite fechou aquele Brasileirão como o melhor visitante.

Além do duelo contra o Botafogo, no estádio Luso-Brasileiro, o Corinthians ainda tem visitas marcadas na atual edição do Brasileirão contra Santa Cruz, Flamengo, São Paulo, Figueirense e Cruzeiro. Este último, aliás, tem recebe o Timão pela Copa do Brasil, no Mineirão, no próximo dia 19.

Veja Mais:

  • Corinthians/Americana pode não voltar a quadra no segundo semestre

    Campeão nacional, Corinthians/Americana chega ao fim, diz jornal

    ver detalhes
  • De promessa a dispensado: ex-Corinthians, Cassini comunica saída da Ponte Preta

    De promessa a dispensado: ex-Corinthians, Cassini comunica saída da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Cicinho, hoje no futebol búlgaro, deve pintar como reforço do Corinthians

    Final da Copa da Bulgária separa Corinthians de segunda contratação para o Brasileirão-2017

    ver detalhes
  • Pequeno torcedor conheceu também o xeque Al-Khelaifi, dono do clube francês

    Em Paris, torcedor-mirim surpreende xeique do PSG e pede contratação de atacante do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes