Na Seleção, Gil comenta fase do Corinthians e pede paciência do torcedor

Na Seleção, Gil comenta fase do Corinthians e pede paciência do torcedor

Por Meu Timão

Gil afirmou confiança na equipe do Timão e pediu paciência à Fiel

Gil afirmou confiança na equipe do Timão e pediu paciência à Fiel

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Campeão brasileiro pelo Corinthians em 2015, o zagueiro Gil comentou a atual fase do antigo clube. Relembrando a equipe vitoriosa da temporada passada, o jogador destacou o processo de formação que o time enfrenta e pediu paciência a Fiel.

Convocado para a Seleção Brasileira, sob o comando do ex-treinador corinthiano Tite, Gil ressaltou a qualidade do elenco do Timão, sem se esquecer do técnico Fábio Carille, que assumiu o mando do Corinthians recentemente.

“A gente sabe da qualidades dos jogadores e de quem tá comandando que as coisas podem dar muito certo. Continuo na torcida, a gente sabe que no futebol as coisas são muito dinâmicas”, comentou o atleta, em entrevista ao programa Jogo Aberto, da Band.

Sobre cobranças do torcedor alvinegro, o zagueiro pediu paciência relembrando que a fase de reestruturação do Corinthians, após o desmanche do time em relação ao do ano passado. “Tem que ter um pouco de paciência também. Pelo ano que nós vivemos em 2015, o torcedor carrega muito isso, mas acho que ele também entende que a equipe tá em formação, tá trocando bastante gente. Então, tem que ter um pouco de paciência”, declarou.

Gil continuou garantindo que vem oferecendo seu apoio aos antigos companheiros de equipe. Afirmando acreditar no potencial do time, o zagueiro reafirmou o seu pedido à Fiel.

“Os jogadores dentro de campo, sempre converso com eles por mensagens e passo um pouco de força, sabem que uma hora pra outra as coisas vão mudar. Eu acho que às vezes o torcedor quer cobrar muito de uma equipe em formação, mas os jogadores estão ali tentando fazer o seu melhor e a torcida também compreende isso”, finalizou.

Com 29 anos, Gil deixou Corinthians no início desta temporada e hoje atua no futebol asiático pelo Shandong Luneng, da China. Com a camisa da Seleção, o zagueiro joga ao lado do lateral-direito corinthiano Fagner, que foi seu companheiro no Timão, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Veja Mais:

  • Guilherme pode perder clássico em Itaquera

    Opção no sábado, Guilherme vira preocupação para Dérbi; goleiro retorna

    ver detalhes
  • Camacho vai ficar com a família no Rio de Janeiro

    Após perder o pai, Camacho é liberado e está fora do clássico contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Jadson atuou por cerca de 45 minutos e tem chances de pegar o Palmeiras

    Jadson é titular em jogo-treino do Corinthians, mostra desenvoltura e pode ser opção no clássico

    ver detalhes
  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes