Substituto de Paulinho na Seleção, meia admite tratativa com o Corinthians durante 'era Tite'

Substituto de Paulinho na Seleção, meia admite tratativa com o Corinthians durante 'era Tite'

Por Meu Timão

Giuliano admitiu ter sido sondado pelo Corinthians

Giuliano admitiu ter sido sondado pelo Corinthians

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Uma das novidades de Tite na Seleção Brasileira é o meia Giuliano, que será substituto do suspenso Paulinho nesta quinta-feira, contra a Bolívia. E a reaproximação do jogador com o técnico poderia ter acontecido antes, durante a passagem do comandante pelo Corinthians.

Em entrevista concedida na Arena das Dunas, em Natal, nessa terça-feira, Giuliano admitiu que, a pedido de Tite, o Corinthians o sondou no passado. O meia, que foi comandado pelo técnico gaúcho no Internacional em 2009, já acumula passagens pelo Dnipro Dnipropetrovsk, da Ucrânia, e pelo Grêmio. Atualmente, defende o Zenit, da Rússia.

"Na época ele (Tite) estava no Corinthians e acabou não dando certo, mas eu fiquei sabendo dessa sondagem, a gente entrou em contato sim, e eu fico muito feliz de poder trabalhar com ele depois desse longo tempo afastado onde eu pude crescer, e seguir minha vida. E ele também seguiu a vida dele vitoriosamente e a gente está junto trabalhando", declarou.

Por saber que Tite gosta de seu futebol, Giuliano renovou suas esperanças em ser convocado para a Seleção Brasileira a partir da contratação do técnico pela CBF. Situação semelhante à vivida pelo lateral-direito Fagner, do Corinthians.

"Quando você já trabalha com um treinador e ele na sequência assume a Seleção Brasileira, na sua cabeça passa já que você tem uma possibilidade maior. Justamente por ter esse elo de confiança entre treinador e jogador e por ele já te conhecer. Então isso aconteceu com o Tite, fiquei muito feliz e gratificado nas vezes em que ele esteve atrás de mim, com a possibilidade de eu poder ser treinado por ele novamente", disse o meia.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes