Flamengo x Corinthians

Pelo Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Corinthians enfrenta agora o Flamengo

Acompanhe ao vivo

Edu Ferreira diz que se sentiu traído pelo presidente do Corinthians: 'Fiz muito por ele'

Edu Ferreira diz que se sentiu traído pelo presidente do Corinthians: 'Fiz muito por ele'

Por Meu Timão

Eduardo Ferreira rompeu com Roberto de Andrade um ano e meio após assumir cargo de diretor

Eduardo Ferreira rompeu com Roberto de Andrade um ano e meio após assumir cargo de diretor

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O presidente do Corinthians vive um momento delicado à frente do departamento de futebol do clube. A saída de Eduardo Ferreira - apenas mais uma em meio ao desmanche da atual diretoria - evidenciou o desgaste enfrentado por Roberto de Andrade. E, em entrevista concedida à Espn, o ex-diretor-adjunto de futebol admitiu se sentir traído pelo mandatário.

"Sim, (me senti) muito (traído). Fiz muito pelo Roberto, gosto muito dele e o ajudei a “segurar o rojão” nesse ano difícil. O Roberto é uma pessoa muito boa, mas fiquei triste e tive que me posicionar", afirmou Eduardo Ferreira, agora ex-cartola do Corinthians.

O estopim para a saída do então diretor-adjunto foi a contratação de Oswaldo de Oliveira. Roberto de Andrade conduziu sozinho a negociação com o novo técnico.

"Olha, primeiramente gostaria de dizer que não tenho nada contra o Oswaldo, inclusive falei isso pra ele. Deixei claro que minha saída não tinha nada a ver com a pessoa dele. Sou um homem de caráter e personalidade. Como em nenhum momento fui consultado sobre a chegada de um novo treinador, achei melhor renunciar", disse.

"Fiquei sabendo da movimentação através da imprensa e algumas outras pessoas, mas nada através do presidente", completou.

Questionado se há atualmente um racha na alta cúpula do Corinthians, Eduardo Ferreira sugeriu que sim. O ex-dirigente lembrou que a chapa de Andrés Sanchez, chamada Renovação & Transparência, está no poder do clube desde 2007.

"Existe um desgaste, como o próprio Andrés falou à TV Gazeta. São dez anos e todos querem um espaço, poder, cargo. Acho que agora é hora de pensar menos no individual e refletir sobre essa situação, deixar o ambiente o menos conturbado possível e colocar o Corinthians em primeiro lugar", argumentou.

Veja Mais:

  • Corinthians e Flamengo se enfrentam na Copa São Paulo

    Pelas quartas de final da Copinha, o Corinthians enfrenta o Flamengo na Arena Barueri

    ver detalhes
  • Mantuan e Fabricio Oya estão escalados para o duelo em Barueri

    Corinthians confirma escalação para partida decisiva contra o Flamengo

    ver detalhes
  • Pottker ainda defenderá a Ponte no Paulistão antes de chegar ao Corinthians

    Corinthians acerta contratação de Pottker para depois do Paulistão

    ver detalhes
  • Fabiano durante reino do Corinthians no CT, com Emerson Sheik

    Corinthians prorroga contrato e dá até aumento para volante que nunca jogou

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes