Juiz caseiro atrapalha e o Corinthians tropeça mais uma

Juiz caseiro atrapalha e o Corinthians tropeça mais uma

Por Meu Timão

Roberto Carlos tomou dois cartões amarelos injustamente.

Roberto Carlos tomou dois cartões amarelos injustamente.

Foto: UOL

Corinthians e Santos jogarem hoje na Vila Belmiro e, numa má atuação da equipe do Corinthians, que ainda precisa de entrosamento, o Corinthians perde a segunda partida no Campeonato Paulista.

A partida ficou marcada pela arbitragem que marcou penalty contra o Corinthians, distribuiu 9 cartões amarelos dois cartões vermelhos aos jogadores do Corinthians e economizou contra a equipe santista.

Roberto Carlos foi novamente expulso, tomando um cartão amarelo no lance do penalty a favor do santos e outro em uma jogada do ataque do Corinthians em que numa disputa de bola, ele caiu no chão e o juiz deu o cartão para o Roberto alegando simulação de penalty.

Dentinho e Felipe foram os destaques do Corinthians, dentinho fez o gol e deu um belo passe para Tcheco no final do segundo tempo que quase empatou a partida, com dois  a menos em campo. Já Felipe, fez boas defesas além do penalty defendido.

O Corinthians joga novamente no próximo domingo contra o Botafogo de Ribeirão Preto e precisa vencer pra voltar a zona de classificação para a segunda fase do campeonato.
 

Veja Mais:

  • Kazim marcou um dos gols da vitória do Timão na Florida Cup

    Corinthians conhece adversário de final da Florida Cup 2017

    ver detalhes
  • Timão conquistou a vaga sobre o Flamengo na Arena Barueri

    Corinthians bate Flamengo e vai à semifinal da Copinha

    ver detalhes
  • Pedrinho fez golaço de empate do Corinthians

    Golaço faz meia do Corinthians beirar nota máxima da torcida; árbitro quase zera

    ver detalhes
  • Pottker ainda defenderá a Ponte no Paulistão antes de chegar ao Corinthians

    Corinthians acerta contratação de Pottker para depois do Paulistão

    ver detalhes

A arbitragem marcou a história da partida?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes