Corinthians entra com pedido por alteração de jogo do feminino e Arena pode ter rodada dupla

1.9 mil visualizações 21 comentários

Por Meu Timão

Meninas do Audax/Corinthians podem jogar final da Copa do Brasil em Itaquera

Meninas do Audax/Corinthians podem jogar final da Copa do Brasil em Itaquera

Divulgação

Palco dos tradicionais compromissos do Timão, a Arena Corinthians tem grandes chances de sediar, no dia 29, a final da Copa do Brasil de Futebol Feminino. Garantido na grande decisão do torneio nacional, o Corinthians/Audax emitiu um ofício solicitando a transferência da partida, até então marcada para o estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco.

A ideia é que a disputa pelo troféu aconteça antes do compromisso corinthiano na categoria masculina, contra a Chapecoense, pelo Campeonato Brasileiro. Com isso, o dia marcado por uma rodada dupla em Itaquera, seria atípico para as garotas que representam o Timão, devido à quantidade de público no estádio, servindo como um incentivo a mais na conquista.

"Tem um ponto muito positivo, porque será a valorização do futebol feminino. É um estádio de Copa do Mundo, com uma estrutura ótima. Ficamos contentes da oportunidade das mulheres poderem utilizar também. Talvez, vamos ter um público interessante por ser no mesmo dia do jogo do masculino", declarou Arthur Elias, treinador do Corinthians/Audax, ao GloboEsporte.com.

Entretanto, em meio aos ingredientes a favor que cercam a decisão e a opção pela transferência do local da partida, o comandante corinthiano também evidenciou pontos que, de certa forma, podem prejudicar as atletas do Timão.

"Mas também tem o outro lado, que é não estarmos acostumados com o gramado. É um gramado que tem um tratamento diferente, que molha bastante antes de cada partida. É diferente de onde estamos jogando. São dois pontos. Pediram para nos consultar. Jogadores e comissão técnica ainda não sabem. As jogadoras vão poder opinar e vamos tomar a melhor decisão para o clube", acrescentou.

Depois de ficar por duas vezes à frente do placar no duelo de ida da final, no embate realizado na cidade de São José dos Campos, o Corinthians/Audax não conseguiu segurar a vantagem e empatou em 2 a 2. Consciente da dificuldade da partida, Arthur Elias pontuou a cautela necessária e concentração pela conquista da competição nacional.

"O jogo do São José é sempre muito tático. Tem um bom trabalho do outro lado. A gente também trabalha com conceitos que são desenvolvidos desde o começo do ano. É um jogo bem interessante. Acho que lá, assim como aqui, acho que será um jogo equilibrado. Espero que consigamos nos impor um pouco mais, criar um pouco mais. Hoje (quarta-feira) criamos algumas, mas vejo que temos mais recursos para chegar ao gol adversário de diferentes maneiras", comentou ao final da partida na cidade do Vale do Paraíba.

Em caso de oficialização do pedido e, com o mesmo acatado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) - entidade responsável pela organização do torneio -, o Corinthians/Audax vai a campo às 13h. Mais tarde, às 16h30, o Timão encara a Chapecoense, em duelo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Zoom Fuller retorna ao Corinthians Basquete após três meses de sua saída

    Corinthians anuncia retorno de Zoom Fuller para o time de basquete

    ver detalhes
  • Presidente do Corinthians, Duilio Monteiro, falou sobre os reforços de peso

    Duilio revela o percentual do Corinthians nos direitos de 'quarteto mágico'

    ver detalhes
  • Gabi Zanotti marcou o gol da vitória do Corinthians contra a Ferrroviária

    Corinthians vence Ferroviária e larga na frente por uma vaga na final do Paulistão Feminino

    ver detalhes
  • Fábio Santos vai ultrapassar o treinador que viu jogar e fazer história na sua atual função

    Sylvinho e Fábio Santos falam ao Meu Timão sobre relação e trajetórias no Corinthians

    ver detalhes
  • Em 2013, Sylvinho trabalhou como assistente de Tite no Corinthians

    Sylvinho fala sobre gratidão a Tite e enaltece conquistas do ex-treinador do Corinthians

    ver detalhes
  • Permanência de Sylvinho foi bancada pelo presidente Duilio Monteiro Alves; treinador chegou em maio e tem 48,81% de aproveitamento

    Duilio valoriza trabalho de Sylvinho e garante treinador no comando do Corinthians até 2022

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x