Desde 2013, Flamengo só fez três gols no Corinthians; dois foram irregulares

Desde 2013, Flamengo só fez três gols no Corinthians; dois foram irregulares

Por Meu Timão

Ataque do Flamengo fez apenas um gol legal em sete jogos contra o Corinthians

Ataque do Flamengo fez apenas um gol legal em sete jogos contra o Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Com o gol do Guerrero em posição irregular no jogo deste domingo no empate de 2 a 2, o Flamengo só marcou três gols no Corinthians desde 2013. Nas três oportunidades em que a equipe carioca balançou a rede, dois tentos assinalados foram irregulares. O gol do Flamengo anotado por Guerrero quebrou um jejum de 310 minutos do time carioca sem balançar as redes do Corinthians.

A outra ocasião em que o Flamengo foi beneficiado pela arbitragem de forma irregular aconteceu em 2014. Na época, o Timão perdeu para o time carioca por 1 a 0, com gol do zagueiro Wallace. O duelo foi disputado no estádio do Maracanã.

O tento assinalado pelo ex-flamenguista Wallace saiu em jogada ilegal – o zagueiro recebeu o passe do atacante Eduardo da Silva, que estava em posição irregular. O árbitro daquela partida foi Sandro Meira Ricci. O juiz interpretou como pênalti uma bola na mão de Fagner em chute de Everton. Mais de 32 mil torcedores estiveram presente no estádio no domingo de 14 de setembro daquele ano.

Veja Mais:

  • Timão ainda não perdeu na atual edição do Brasileirão

    Corinthians abre dez pontos de vantagem para rival que está no G4; veja a classificação

    ver detalhes
  • Imagem de Luan com camisa grená do Corinthians fez sucesso entre a Fiel

    Após derrota para Corinthians, foto de Luan com camisa do Timão viraliza na web

    ver detalhes
  • Nathan e Ramon são novos reforços do Timão para a categoria Sub-20

    Corinthians anuncia contratações para equipe Sub-20

    ver detalhes
  • Guilherme Arana foi titular no último domingo, contra o Grêmio

    No embarque à Colômbia, Arana confirma 'mistão do Corinthians' e diz que será reserva

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes