Prejudicado pela arbitragem, Corinthians fica no empate com Flamengo no Maracanã

Corinthians Corinthians 2 x 2 Flamengo Flamengo

Brasileirão 2016

Prejudicado pela arbitragem, Corinthians fica no empate com Flamengo no Maracanã

Guilherme foi expulso no segundo tempo; na etapa inicial, árbitro validou gol irregular do Flamengo

Guilherme foi expulso no segundo tempo; na etapa inicial, árbitro validou gol irregular do Flamengo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Corinthians e Flamengo fizeram um duelo eletrizante no fim de tarde deste domingo, no Maracanã, pela 32ª rodada no Campeonato Brasileiro. Prejudicado pela arbitragem por ter levado gol irregular de Paolo Guerrero, o Timão ficou no empate em 2 a 2 contra os cariocas. Os tentos alvinegros foram marcados por Guilherme e Rodriguinho. O camisa 10 ainda foi expulso no segundo tempo.

Na classificação do Brasileirão, o empate entre Corinthians e Flamengo simbolizou ao Timão a entrada no G6. A equipe alvinegra chegou aos 49 pontos e ultrapassou o Atlético-PR, saltando de sétimo para sexto. Os paranaenses, contudo, ainda entram em campo nesta segunda-feira, contra o América-MG, pelo encerramento da rodada. Confira a classificação.

Para o jogo deste domingo, o técnico Oswaldo de Oliveira escalou o Corinthians com duas novidades em relação à derrota para o Cruzeiro: Willians na vaga de Camacho, por opção técnica, e Vilson na de Pedro Henrique, pois este último estava suspenso. Assim, o Timão entrou em campo com: Walter; Fagner, Balbuena, Vilson e Uendel; Willians; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Romero; Guilherme.

Eliminado da Copa do Brasil, o Corinthians ganhou assim a semana livre para treinos – a primeira de Oswaldo nesta terceira passagem pelo clube. A próxima partida do Timão, portanto, está marcada apenas para sábado, contra a Chapecoense, em Itaquera, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Primeiro tempo

Logo aos quatro minutos, o argentino Mancuello achou espaço e chutou forte. Walter fez grande defesa, mas, no rebote, Guerrero balançou as redes. A equipe de arbitragem, acertadamente, assinalou impedimento e, assim, anulou o gol flamenguista.

No minuto seguinte, foi a vez de o Corinthians atacar. E com direito a golaço! Romero dividiu com Rafael Vaz, e a bola sobrou para Guilherme. O camisa 10, de fora da área, arriscou o chute e acertou o canto esquerdo do gol rubro-negro.

Guilherme comemora gol no Maracanã

Guilherme comemora gol no Maracanã

Foto: Reprodução/TV

A vitória parcial do Corinthians não durou muito tempo. Aos 14 minutos, Diego cobrou falta e, mesmo com um "triplo impedimento" do Flamengo, Guerrero cabeceou para o fundo das redes. A arbitragem validou o tento, apesar de o lance ter sido irregular.

Com dois gols marcados em menos de 15 minutos, o jogo "pegou fogo". O Corinthians teve duas grandes chances em chutes de Guilherme e Romero. O Flamengo chegou com perigo com Emerson Sheik, mas o atacante ex-Timão estava impedido.

Impedimento

Impedimento

Foto: Reprodução/TV

Foi apenas aos 46 minutos, contudo, que o Corinthians voltou a ficar à frente no marcador. Rodriguinho tabelou com Fagner e depois lançou Romero pela direita. O paraguaio foi até a linha de fundo e cruzou. Guilherme abriu as pernas para deixar a bola passar, e Rodriguinho reapareceu na jogada para anotar o gol.

Nem só gols e finalizações, entretanto, marcaram o primeiro tempo. Diversos princípios de briga foram registrados entre os jogadores alvinegros e rubro-negros. Na mais grave das confusões, Emerson e Guerrero atrapalharam a saída de bola de Walter, originando discussão mais áspera entre os atletas e troca de empurrões entre o peruano e Giovanni Augusto.

Confusão

Confusão

Foto: Reprodução/TV

Segundo tempo

Atrás no placar, o Flamengo do técnico Zé Ricardo foi para cima do Corinthians na etapa final. Ainda no intervalo, Fernandinho entrou no lugar de Mancuello com intenção de dar mais velocidade aos ataques rubro-negros. A mudança surtiu efeito e, logo no começo do segundo tempo, Fernandinho tabelou com Guerrero e obrigou Walter a fazer grande defesa.

Aos 13 minutos, porém, não houve milagre de Walter que impedisse o gol flamenguista. Diego bateu escanteio, e Willian Arão cabeceou. O goleiro do Corinthians salvou, esbanjando reflexo. No rebote, Guerrero, sem marcação, finalizou para o fundo das redes, empatando o duelo mais uma vez.

Pressionado pelo Flamengo, Oswaldo de Oliveira decidiu mexer na equipe. O treinador sacou Marquinhos Gabriel e colocou Marlone. Em resposta, Zé Ricardo tirou Willian Arão e colocou Leandro Damião. O jogo voltou a ficar movimentado, e Emerson acertou chute perigoso, obrigando Walter a fazer grande defesa com as pontas dos dedos.

O Corinthians sofreu um baque aos 31 minutos, quando Guilherme atrapalhou uma cobrança de falta do Flamengo, levou seu segundo cartão amarelo na partida e acabou expulso. Oswaldo, então, decidiu colocar Camacho no lugar de Giovanni Augusto e Lucca no lugar de Romero.

A alteração surtiu efeito: o atacante criou boa jogada, mas a defesa do Flamengo conseguiu afastar o perigo. Na sequência, Emerson criou ótima chance de gol para os cariocas, mas Walter, mais uma vez, salvou a pátria para o Timão. Guerrero e o próprio Sheik ainda tiveram chances antes do apito final, mas mandaram para fora.

E foi isso! Em partida eletrizante, com chances para ambos os times, Corinthians e Flamengo empataram em 2 a 2 no Maracanã.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Flamengo

  • 1000 caracteres restantes