Fora dos relacionados, Arana é vetado pelo departamento médico do Corinthians

Fora dos relacionados, Arana é vetado pelo departamento médico do Corinthians

Por Meu Timão

Embora tenha sido diagnosticado com terçol, Arana não deve ser problema para domingo

Embora tenha sido diagnosticado com terçol, Arana não deve ser problema para domingo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O lateral-esquerdo Guilherme Arana foi vetado do jogo deste sábado, contra a Chapecoense, pelo departamento médico do Corinthians. De acordo com Júlio Stancati, médico da equipe, o jogador sofre dor muscular na região abdominal e, assim, passará por tratamento e será reavaliado na semana que vem.

Chama atenção o fato de esse não ser o primeiro problema de saúde envolvendo Guilherme Arana nesta semana. O lateral já havia desfalcado o treinamento da última quinta-feira por conta de uma amigdalite.

Nesta sexta de manhã, contudo, Arana marcou presença na atividade do Corinthians no CT Joaquim Grava. Assim, sua ausência na lista de relacionados do técnico Oswaldo de Oliveira para o duelo contra os catarinenses pegou de surpresa os jornalistas que acompanharam o treinamento.

Sem Arana, o Corinthians encara a Chapecoense com apenas um lateral-esquerdo: o titular Uendel. Os demais laterais são Fagner e Léo Príncipe, que atuam pela direita. Vale destacar que o volante Marciel, que foi relacionado, pode atuar improvisado pela ala esquerda.

Veja Mais:

  • Kazim marcou um dos gols da vitória do Timão na Florida Cup

    Corinthians conhece adversário de final da Florida Cup 2017

    ver detalhes
  • Timão conquistou a vaga sobre o Flamengo na Arena Barueri

    Corinthians bate Flamengo e vai à semifinal da Copinha

    ver detalhes
  • Pedrinho fez golaço de empate do Corinthians

    Golaço faz meia do Corinthians beirar nota máxima da torcida; árbitro quase zera

    ver detalhes
  • Pottker ainda defenderá a Ponte no Paulistão antes de chegar ao Corinthians

    Corinthians acerta contratação de Pottker para depois do Paulistão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes