Campeão e artilheiro em estreia no Corinthians, ídolo Carbone faria 89 anos nesta terça-feira

Campeão e artilheiro em estreia no Corinthians, ídolo Carbone faria 89 anos nesta terça-feira

Por Meu Timão

Carbone foi ídolo do Timão nos anos 50

Carbone foi ídolo do Timão nos anos 50

Foto: Acervo/Gazeta Press

O dia 1º de novembro se tornou marcante na história do Corinthians a partir de 1951. O motivo? A chegada do meia-esquerda Rodolpho Carbone, exímio artilheiro e carrasco do próprio Timão durante o período em que atuou no Juventus da Mooca. Nesta terça-feira, o ex-jogador completaria 89 anos.

Nascido em 1928, Carbone cresceu no Moleque Travesso e se destacou pelo faro apurado para marcar gols. O ponta de lança chegou ao Parque São Jorge no início da década de 50 e não demorou a cair nas graças da Fiel: foi campeão do Campeonato Paulista e artilheiro da competição com 30 gols.

De quebra, o paulistano ainda compôs uma das maiores linhas de frente do Timão, ao lado de Cláudio, Luizinho, Baltazar e Mário. O grupo ficou conhecido por marcar 103 gols em apenas 28 jogos, com uma média de 3,67 gols por partida. Em 1957, o meia acabou negociado com o Botafogo de Ribeirão Preto.

Carbone faleceu no dia 25 de maio de 2008, devido a infarto do miocárdio, e foi sepultado no cemitério da Quarta Parada, na zona Leste de São Paulo. Ele era tio de José Luis Carbone, ex-meia do Botafogo que hoje é técnico de futebol.

Ficha técnica

Nome: Rodolpho Carbone
Nascimento: 02/11/1927 - São Paulo - SP
Falecimento: 25/05/2008 - São Paulo - SP
Posição: Ponta de lança
Período em que jogou no Corinthians: 6 anos (de 1951 à 1957)
Jogos: 231
Gols: 135
Títulos: 3 Campeonatos Paulistas (1951, 52 e 54) e 2 Torneios Rio-São Paulo ( 1953 e 54)

Veja Mais:

  • Jô é mais uma vez decisivo para o Timão nos clássicos do Paulista

    'Rei dos clássicos', Jô é decisivo em empate do Corinthians contra o São Paulo

    ver detalhes
  • Corinthians deve enfrentar o Botafogo-SP nas quartas de final

    Conheça o provável adversário do Corinthians nas quartas de final do Paulistão

    ver detalhes
  • Rogério ceni rendeu elogios ao atual treinador do Corinthians

    Rogério Ceni deixa rivalidade de lado para elogiar atitude de Carille

    ver detalhes
  • Jô marcou o único gol do Corinthians no Majestoso

    Atacante é eleito melhor em campo no clássico; lateral tem nova atuação fraca

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes