Após jogar Majestoso, atacante do Corinthians vai parar no hospital

Após jogar Majestoso, atacante do Corinthians vai parar no hospital

Além das cobranças que já caem sobre a cabeça do elenco do Corinthians, ao menos um jogador que estava em campo na noite desse sábado, na derrota por 4 a 0 para o São Paulo, tem um problema a mais para se preocupar. O atacante Rildo, que entrou no clássico ao longo do segundo tempo, foi parar no hospital neste domingo.

Por meio de sua conta na rede social Snapchat, o jogador publicou uma foto na qual aparece com uma agulha espetada no braço. A legenda da publicação diz "Hospital São Luiz".

Conforme informado pelo clube à reportagem do Meu Timão, Rildo levou uma pancada no jogo desse sábado e precisou ir ao hospital tomar medicamente e fazer exames. De acordo com o departamento médico do clube, não é nada grave.

Vale destacar que Rildo enfrenta uma sequência de problemas desde sua chegada ao Corinthians, no ano passado. O atacante teve luxação, infecção no local operado, lesões musculares, fratura e só agora, em suas últimas semanas de vínculo com o Timão, é quem vem conseguindo jogar. Ele costuma ser escalado no segundo tempo por Oswaldo de Oliveira.

Rildo foi parar no hospital neste domingo

Rildo foi parar no hospital neste domingo

Foto: Reprodução/Snapchat

Veja Mais:

  • Pedrinho passa por trote e ataca de cantor na concentração do Corinthians

    Pedrinho passa por trote e ataca de cantor na concentração do Corinthians

    ver detalhes
  • Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho do Atlético-PR, citou o Corinthians para falar da grama sintética

    Veto à grama sintética faz presidente do Atlético-PR criticar cota de TV do Corinthians

    ver detalhes
  • Maycon e Léo Jabá, formados na base, encaram Brusque nesta noite

    Corinthians visita o Brusque para seguir na Copa do Brasil e manter embalo

    ver detalhes
  • Programa de sócios do Corinthians volta a ter 100 mil torcedores

    Corinthians atualiza número de sócios-torcedores e volta ao patamar de 100 mil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes