Para exorcizar 'fantasma' da Liga Nacional, Corinthians se apoia em retrospecto caseiro

Para exorcizar 'fantasma' da Liga Nacional, Corinthians se apoia em retrospecto caseiro

Por Meu Timão

Equipe do Corinthians tenta avançar à final da Liga Nacional

Equipe do Corinthians tenta avançar à final da Liga Nacional

Foto: Divulgação

O Corinthians/UNIP entra em quadra na noite desta sexta-feira, às 19h15, no Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge, contra o Assoeva, para tentar uma inédita classificação à final da Liga Nacional de Futsal. Para vencer o duelo válido pelas semifinais, o Timão precisa exorcizar um "fantasma" que o vem assombrando há seis anos.

Desde 2010, o Corinthians chegou às semifinais em todas as edições da LNF. E nas seis temporadas conseguiu o feito de ser eliminado.

Para se ter ideia do feito, o maior campeão da história da LNF é o Carlos Barbosa, com cinco taças. Se o Corinthians tivesse chegado à final ao invés de ser eliminado nas semifinais das últimas seis edições, poderia hoje ocupar o posto de maior vencedor do futsal nacional.

As mais traumáticas das eliminações foram, muito provavelmente, as dos dois últimos anos, diante do Orlândia. Em 2014, o Timão levou gol no último segundo da prorrogação, gerando tumulto no Parque São Jorge entre torcedores, jogadores e equipe de arbitragem. Em 2015, situação semelhante, mas dessa vez na casa do adversário.

Para colocar um ponto final de vez no "fantasma das semifinais", o Corinthians se apoia em um retrospecto caseiro interessante na atual temporada. Nas duas vezes em que jogou no Parque São Jorge pelo mata-mata da LNF, ganhou. Foi assim contra o Umuarama (4 a 2) e o Erechim (7 a 2).

Para eliminar o Assoeva e avançar à final, basta uma vitória simples ao Corinthians. O jogo de ida acabou empatado em 1 a 1. Em caso de nova igualdade no marcador, haverá prorrogação e, se necessário, pênaltis.

Veja mais em: Futsal do Corinthians.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes