Gil cita carinho pelo Corinthians e não fecha as portas para possível retorno

2.8 mil visualizações 28 comentários

Por Meu Timão

Gil e Bruno Mazziotti são companheiros de clube na China

Gil e Bruno Mazziotti são companheiros de clube na China

Reprodução

Classificado por grande parte dos torcedores corinthianos como um dos principais jogadores ao longo da campanha do hexacampeonato brasileiro, o zagueiro Gil, atualmente do Shandong Luneng, da China, garantiu que ainda tem contato com torcedores de clubes que já defendeu. Em meio ao fato, o defensor revelou, em especial, um forte reconhecimento de corinthianos através das redes sociais, ressaltando a etapa marcante em sua carreira.

"O contato é mais pelas redes sociais e quando estou no Brasil. O carinho de todos é muito grande, até mesmo na minha cidade, em Campos dos Goytacases. A passagem pelo Corinthians com certeza é a mais marcante. Pelo número de jogos, três anos e muita identificação. É de quem recebo a maioria das mensagens. Guardo tudo com muito carinho e algo que nunca vou esquecer. Além disso, foi o clube que me projetou para a Seleção Brasileira e só tenho a agradecer", falou Gil, em entrevista concedida ao UOL Esporte.

Questionado a respeito do nível técnico no futebol chinês, Gil, de 29 anos, falou sobre o método de aprimoramento físico na equipe atual, abordando a convivência com o preparador físico Bruno Mazziotti - que, inclusive, marcou presença na comissão técnica corinthiana na conquista nacional em 2015.

"Aqui no Shandong temos toda a estrutura de trabalho. Uma estrutura que se vê em poucos clubes do mundo. Tem profissionais capacitados. O Bruno Mazziotti, por exemplo, eu já conhecia do Corinthians, está aqui e também na seleção. Ele é quem mais está comigo no dia a dia. O nível físico é o que sempre tive, tanto aqui quanto no Brasil. Faço os trabalhos de complemento, sempre em dois períodos, e com acompanhamento dos profissionais", citou o zagueiro.

Em relação a sua permanência na Ásia, Gil abordou o tempo de contrato previsto junto ao Shandong, entretanto, não descartou sua saída antes da vigência do documento. Como desejo pessoal, o zagueiro da Seleção Brasileira almeja defender clubes europeus ou retornar ao futebol brasileiro.

"Ainda tenho mais três anos de contrato com o Shandong, mas no futebol nunca podemos fechar as portas para nada. Penso em voltar a jogar na Europa e também no Brasil, claro. Mas não é algo para pensar agora. Acabamos uma temporada que foi bem desgastante, com muitos jogos e também defendendo a Seleção Brasileira nas convocações. No momento só estou pensando em curtir minhas férias com a família e aproveitar este fim de ano", completou.

Contratado pelo Corinthians na temporada de 2013, Gil disputou ao todo 178 partidas vestindo o manto alvinegro, entre as participações dentro de campo, balançou as redes adversárias em sete oportunidades.

Veja mais em: Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Conselho não aprovou as contas do Corinthians em 2019

    Conselho Fiscal recomenda reprovação de contas de 2019 e questiona ausência de dívida por Jucilei

    ver detalhes
  • [Marco Bello] Como o Corinthians vai quitar a dívida com a Odebrecht pela construção da Arena

    ver detalhes
  • Jô pode assumir a titularidade do ataque do Corinthians no segundo semestre de 2020

    De Sidcley a Jô: podcast do Meu Timão debate ao vivo a nova escalação do Corinthians; veja detalhes

    ver detalhes
  • Ruan vinha sendo um dos grandes nomes do Sub-20 do Corinthians

    Corinthians trabalha para estender empréstimo de meia promovido por Tiago Nunes na volta aos treinos

    ver detalhes
  • Último jogo do Corinthians foi no dia 15 de março, com Arena vazia

    FPF define data para retorno do Paulistão e aguarda aval das autoridades para anunciar retomada

    ver detalhes
  • Maria Luiza, de 2, e Felipe, de 5 anos, já têm seus respectivos totens na Arena Corinthians

    Filhos de Cássio estarão na arquibancada da Arena Corinthians após paralisação

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: