Rodriguinho celebra ano individual, fala em renovar contrato e mira Seleção

Rodriguinho celebra ano individual, fala em renovar contrato e mira Seleção

Por Meu Timão

115 mil visualizações 117 comentários Comunicar erro

Rodriguinho foi um dos destaques do Corinthians em 2016

Rodriguinho foi um dos destaques do Corinthians em 2016

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Embora o Corinthians não tenha obtido a classificação para a Libertadores da América, Rodriguinho tem muito a comemorar. Foi em 2016 que o jogador passou de reserva a titular absoluto do Timão, além de postulante à tarja de capitão da equipe. Para o meio-campista, a próxima temporada tem tudo para ser diferente.

“O final de ano foi bom, na realidade, o ano inteiro foi bom. Consegui jogar, consegui me firmar, marcar gols, dar assistências e atingir uma regularidade muito boa. Infelizmente não conseguimos atingir o objetivo principal que era a vaga na Copa Libertadores, mas o próximo ano promete e estamos na luta para conseguir um título em 2017 e vamos batalhar bastante para isso”, afirmou Rodriguinho em entrevista ao jornal Tribuna do Norte.

Integrante do elenco que conquistou o hexacampeonato brasileiro em 2015, Rodriguinho passou a atuar com frequência neste ano, muito em virtude do desmanche sofrido pelo Corinthians. Entre as saídas mais sentidas está a de Tite, que deixou o Parque São Jorge em junho rumo à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

“Tite é um grande treinador. Com certeza, grandes profissionais fazem falta sim ao clube. Com ele aprendemos bastante”, opinou o jogador, que recordou o crescimento individual como segundo volante no Corinthians.

“Realmente, com a contusão do Elias eu fui jogar mais atrás um pouco. Me adaptei bem e fiz boas partidas. Depois, voltei à minha posição original e joguei bem, tive uma boa sequência, pude marcar gols e dar boas assistências. Tudo isso foi muito importante para mim”, recordou o camisa 26.

De férias em Natal-RN, Rodriguinho tem vínculo em vigor com o clube paulista até 31 de dezembro de 2017. Sondado recentemente por equipes da Turquia, o armador planeja estender sua permanência no time que lhe abriu as portas. “Espero renovar meu contrato que ainda tem mais dois anos pela frente. Quero fazer parte desse grupo que vai buscar os títulos para o Corinthians. Acho que apenas uma proposta de fora do Brasil seria capaz de me tirar de lá”, garantiu o meia, que ainda quer vestir a camisa da Seleção.

“Realmente, o sonho não pode morrer. Todo jogador de futebol tem que estar com o sonho vivo, até para que aconteça sempre coisas melhores, se aperfeiçoar, se aprimorar, para quem sabe um dia chegar lá. É um sonho, é possível, a gente tem que trabalhar muito para isso, sabendo e respeitando as pessoas que estão lá, sabendo que existem muitos jogadores que estão na frente, mas com certeza vou batalhar para quem sabe um dia eu possa estar na Seleção Brasileira”, finalizou.

Veja mais em: Rodriguinho.

Veja Mais:

  • Contra o Vasco, mês passado, Richard foi titular do Corinthians

    Vasco insiste, e Corinthians deve negociar Richard de volta ao Rio de Janeiro

    ver detalhes
  • Ídolo Zenon será um dos 'sêniors' em campo no amistoso em Caruaru-PE

    Amistoso do Corinthians terá ídolos de até 65 anos de idade em campo em Caruaru-PE

    ver detalhes
  • Walmir Cruz (à dir.) explicou planejamento do Corinthians a respeito de Cássio e Fagner

    Saiba o planejamento de intertemporada do Corinthians para quarteto da Seleção Brasileira

    ver detalhes
  • Emerson Sheik conheceu instalações de Real Madrid e Barcelona

    Sheik visita Real Madrid e Barcelona por inspirações ao Corinthians; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia: