Copa São Paulo, família corinthiana e Pirlo: bate-papo com Guilherme Mantuan

94 mil visualizações 47 comentários

Mantuan vive expectativa por estreia nos profissionais

Mantuan vive expectativa por estreia nos profissionais

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Dois jogadores do elenco profissional do Corinthians disputarão pelo clube a Copa São Paulo de Futebol Júnior, que começa no próximo dia 3: o meia Guilherme Mantuan e o centroavante Carlinhos. O primeiro deles, de 19 anos, se destaca não só pela qualidade técnica mas pela polivalência: surgiu como meia-atacante, passou a jogar de segundo volante e, recentemente, vem dando conta da lateral direita.

Em entrevista ao Meu Timão na última quarta-feira, quando o elenco comandado por Osmar Loss realizou treino aberto à imprensa no CT Joaquim Grava, Mantuan falou de sua expectativa pela estreia na Copinha, da relação de longa data com o clube – ele chegou em 2004, ainda no futsal – e das inspirações no futebol. De quebra, não fugiu ao ser questionado sobre as características aguardadas no então futuro técnico do Corinthians, Fábio Carille, que viria a ser anunciado no dia seguinte.

“Acho que essa experiência que eu tive no profissional agora foi muito boa. A expectativa é de sempre estar na ansiedade de quem vai (assumir o Corinthians). Seria bom um técnico que olhasse pra base, um técnico que tivesse uma visão um pouco mais aberta. Mas se não for o caso, também não cabe a nós desanimar ou deixar de trabalhar por causa disso”, diz Mantuan, que pretende, enfim, ser oficialmente promovido à equipe principal após o torneio Sub-20.

“É minha última e quero subir pra ficar definitivamente no profissional”, avisa.

CONFIRA O BATE-PAPO DO MEU TIMÃO COM GUILHERME MANTUAN

Meu Timão: Como tem sido a preparação do time pra Copa São Paulo e de você especificamente, que chegou a treinar no profissional algumas vezes. Dessa vez dá pra conquistar o título?

Guilherme Mantuan: A expectativa é a maior possível, talvez por estarmos vestindo as cores do Corinthians, que é o maior vencedor da competição, por ter a maior torcida presente, vai tem todos os jogos, acompanha mesmo. Talvez por causa desse pouco tempo que fiquei no profissional... Acho que temos tudo pra fazer uma grande competição, estamos nos preparando para que possamos não só chegar na final mas conquistar o título.

Você jogou como meia em categorias menores, mas agora vem atuando na lateral direita e até como segundo volante. Em qual posição você prefere jogar?

Eu quero jogar (risos), essa é a verdade. Eu sou meia de origem, mas subi pro Sub-20 como volante e acabei atuando esse ano como lateral. Então acho que essa polivalência eu consegui desenvolver mais, consegui ter mais recursos e me abriu muitas oportunidades, como a subida pro profissional.

Mantuan foi utilizado na lateral durante treinos no CT Joaquim Grava

Mantuan foi utilizado na lateral durante treinos no CT Joaquim Grava

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Falando um pouquinho da sua família, sei que seu irmão também é da base do Corinthians e sua irmã é atleta de natação do clube...

Isso aí. Meu irmão (Gustavo) joga no Sub-15 do Corinthians, ele voltou agora da Seleção Brasileira. E minha irmã (Giulia) nada aqui no Corinthians, tem treze anos e parece que quer continuar (risos). Todo mundo corinthiano!

Como foi esse período de treinos com o Osmar pra estreia na Copinha?

O Osmar é um cara que eu, particularmente, aprendi muito com ele. Será o meu terceiro ano com ele como treinador-atleta e acho que nossa preparação vem sendo a melhor possível. Ele e a comissão técnica têm nos dado recursos como as análises do que acertou, do que errou, e creio que com ele, com o Coelho (Dyego, auxiliar técnico), com o Carlão (Carlos Magno, preparador de goleiros), Rodrigo (Leitão, coordenador geral), todo o pessoal da comissão técnica que tem nos dado suporte, podemos avançar e chegar muito bem na competição.

Para finalizar, você se inspira em algum jogador? Seja do Corinthians ou não...

Do Brasil? (risos).

De onde você quiser!

Eu gosto de ver o Pirlo jogar. Pirlo, Iniesta... Gosto bastante do Renato Augusto, Jadson. O Renato, pelo momento que ele vem vivendo com a Seleção Brasileira é de se impressionar. Até mesmo o Paulinho, que muitos não acreditavam nele e deu a volta por cima mais uma vez. Acho que são caras que merecem atenção e esse voto de inspiração.

Guilherme disputará última Copinha da carreira em 2017

Guilherme disputará última Copinha da carreira em 2017

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Veja mais em: Base do Corinthians e Copinha.

Veja Mais:

  • Nesta segunda-feira, Sylvinho completa quatro meses no cargo de treinador do Corinthians; pressão de parte da torcida é enorme nas redes sociais

    Pressionado para sair, Sylvinho completa quatro meses como treinador do Corinthians; Dérbi vem aí

    ver detalhes
  • Vitor Galvani, técnico do Sub-20 do time de basquete do Corinthians e assistente técnico na equipe profissional, concede entrevista ao Meu Timão

    Auxiliar do basquete do Corinthians comenta sobre saída de Fuller e reformulação na equipe

    ver detalhes
  • Na temporada atual, Corinthians apresenta pior aproveitamento desde a inauguração da Neo Química Arena em 2014

    Corinthians mantém pior média da Neo Química Arena da história e é o terceiro pior mandante do BR-21

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians volta ao CT Joaquim Grava na tarde desta segunda-feira

    Agenda do Corinthians: Dérbi em dose tripla, compromissos na base e no basquete

    ver detalhes
  • Contratos assinados pelos clubes com TV Globo e Turner serão cumpridos até 2024

    Presidente Jair Bolsonaro sanciona Lei do Mandante, mas veta um artigo; veja o que muda

    ver detalhes
  • Sylvinho explicou não utilização de Róger Guedes, Giuliano, Renato Augusto e Willian juntos em campo

    Sylvinho explica motivos para não utilizar o quarteto do Corinthians ao mesmo tempo neste domingo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x