Do grupo de Whatsapp à efetivação de Carille: o Corinthians está 'mais leve' em 2017

Do grupo de Whatsapp à efetivação de Carille: o Corinthians está 'mais leve' em 2017

120 mil visualizações 109 comentários Comunicar erro

Marlone revelou que Balbuena é um dos principais brincalhões do elenco corinthiano

Marlone revelou que Balbuena é um dos principais brincalhões do elenco corinthiano

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O elenco do Corinthians está "mais leve" em 2017. Ao menos durante a pré-temporada, é fácil identificar o clima de descontração: seja durante os aquecimentos, os treinamentos ou as entrevistas coletivas. Nesta sexta-feira, o CT Joaquim Grava registrou mais um episódio desse clima descontraído que parece rondar a equipe alvinegra no ano novo.

Durante conversa com os jornalistas na sala de imprensa, o meia Marlone, em resposta ao Meu Timão, revelou alguns dos motivos que fizeram com que a atmosfera corinthiana se renovasse em 2017. A efetivação do técnico Fábio Carille como substituto do então treinador Oswaldo de Oliveira foi uma das positivas novidades no entendimento do elenco.

"Por já conhecer todos os atletas, já estar no clube. Ele parece o Tite, por saber ganhar o jogador, saber tirar o melhor do jogador. Ele conversa sempre com alguns jogadores dando instruções, falou que vai ter coerência com cada um. Isso ajudou o grupo a se sentir mais leve. Isso com certeza pesou, esse relacionamento que ele já tinha no clube com a maioria dos jogadores", declarou o camisa 8 do Timão.

Nos bastidores, um grupo no aplicativo WhatsApp encabeçado pelo bem humorado zagueiro Balbuena tem ajudado na integração dos jogadores – remanescentes do ano passado e recém-chegados ao clube. Marlone associou o assunto ao otimismo para a temporada de 2017 do Corinthians.

"O grupo esse ano está muito mais leve do que ano passado. Até temos um grupo no WhatsApp que faz montagem um do outro. Isso é coisa do Balbuena (risos). O grupo está mais leve em termos de amizade, de respeito, de compreender o momento um do outro", disse.

"O grupo está diferente em relação ao ano passado. Entramos mais leve esse ano em termos de respeito, amizade. Tenho certeza que temos tudo para fazer um grande ano", completou.

Vale lembrar que, antes mesmo de Marlone dar detalhes da integração corinthiana, o recém-contratado Pablo já havia falado a respeito do tal grupo de WhatsApp. Durante sua apresentação como reforço do Timão, na última quinta, o zagueiro disse já ter até mesmo ganhado apelidos dos novos colegas de equipe.

"Já tenho apelido até. A gente tem um grupo no WhatsApp. Já fizeram montagem, piada. É um grupo bem brincalhão, extrovertido. No domingo que cheguei já pude perceber que é um grupo bem extrovertido, mas bem focado no que tem que fazer. Mas apelido não posso revelar", contou, entre risos.

Veja mais em: Marlone, Pablo, Fábio Carille e Balbuena.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez e Carlos Elias detalharam informações de troca de ingressos para treino aberto

    Corinthians divulga informações do treino aberto na Arena antes de decisão contra Flamengo

    ver detalhes
  • Diego Tardelli, há quase quatro anos no Shandong Luneng, volta a ser especulado no Corinthians

    Contratação de Tardelli pelo Corinthians já havia sido especulada outras vezes; relembre

    ver detalhes
  • Paciência para construir, falta de pontaria na frente: o que dá pra tirar da virada diante do Sport

    Mais de 500 passes, 70% de posse, poucas finalizações: os números da virada corinthiana na Arena

    ver detalhes
  • Torcedora do Sport discutindo com PM que a impediu de acessar setor visitante da Arena Corinthians

    Torcedoras do Sport acusam PM de agressão na Arena Corinthians; veja os relatos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes