Ex-alvo do Corinthians, Pottker explica por que jogou pela Ponte Preta na Copa do Brasil

186 mil visualizações 193 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Pottker seguirá como jogador da Ponte Preta

Pottker seguirá como jogador da Ponte Preta

Divulgação

Protagonista de uma das principais polêmicas do Corinthians neste início de temporada, o atacante William Pottker deu sua versão dos fatos no fim de noite dessa quarta-feira. O jogador, que tinha acordo verbal com o Timão para chegar ao CT Joaquim Grava em maio, explicou por que entrou em campo pela Ponte Preta em jogo válido pela Copa do Brasil.

"Querendo ou não eu sou funcionário do clube, tenho que cumprir com as minhas obrigações. Estou na Ponte Preta e minha cabeça tem que estar voltada para a Ponte Preta. Não houve pedido de nenhuma das partes para que eu não entrasse em campo e eu tenho que fazer minha parte", declarou, ainda em Campina Grande, pouco após ajudar sua equipe a vencer o Campinense por 2 a 0 em duelo válido pela primeira fase do torneio mata-mata.

A diretoria do Corinthians anunciou a desistência da contratação de Pottker na noite de quarta-feira, logo após a Ponte Preta escalar o atacante para o duelo contra o Campinense. O atacante estava acertado verbalmente com o Timão desde o mês passado. Apesar de o clube do Parque São Jorge querer o atacante já para o início do Campeonato Paulista, a diretoria cedeu em meio à negociação com a agremiação campineira e aceitou abrir mão do atletas nos primeiros meses do ano.

A partir do momento em que Pottker entrou em campo pela Ponte na Copa do Brasil, porém, a diretoria do Corinthians entendeu não ser mais vantajoso investir na compra do atacante. Isso porque, pelo regulamento do torneio, um jogador não pode defender diferentes equipes na mesma edição da competição - ou seja, ele chegaria ao Timão como desfalque para o restante do campeonato. Tal situação provavelmente se repetiria na Copa Sul-Americana.

"Tínhamos tudo praticamente decidido para integrá-lo no Corinthians a partir do Campeonato Paulista, era um acordo. Como a Ponte Preta colocou o jogador hoje, consultamos às 16h, às 19h, o Corinthians a partir desse momento esquece esse assunto. Desejo que ele tenha uma sequência brilhante na Ponte Preta. Com a inclusão dele na Copa do Brasil e com certeza será incluído na Copa Sul-Americana, o Corinthians não vai ficar esperando", justificou o diretor de futebol corinthiano Flávio Adauto.

Vale lembrar que, pouco antes de Pottker se pronunciar sobre o assunto, a Ponte Preta emitiu um comunicado breve por meio de sua assessoria de imprensa informando que o clube campineiro "não foi comunicado oficialmente pelo Corinthians sobre a desistência de um possível negócio que também não estava fechado".

Veja mais em: Mercado da bola e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Em meio a crise, Fábio Carille seguirá no comando do Corinthians

    Diretor do Corinthians garante permanência de Fábio Carille

    ver detalhes
  • Corinthians foi superior, mas não soube converter suas chances em gol em Joinville

    Com briga no fim e vacilos, Corinthians sai atrás nas quartas da Liga Futsal

    ver detalhes
  • Com apenas 5,6, o volante Ralf foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Torcida do Corinthians poupa Ralf em noite de médias extremamente baixas; reserva é o pior em campo

    ver detalhes
  • Jogadoras do Corinthians Feminino se classificaram em primeiro lugar para as quartas de final

    Corinthians conhece adversário das quartas de final da Libertadores Feminina; saiba os detalhes

    ver detalhes
  • Corinthians leva a virada e perde para o Cruzeiro por 2 a 1 em Itaquera; Carille foi expulso no segundo tempo

    Corinthians não consegue afastar crise e perde de virada para o Cruzeiro pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians nunca havia perdido um jogo em que saiu na frente do adversário na Arena

    Após 184 jogos, Corinthians leva a primeira virada jogando na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia: