Kazim reclama de pênalti após pontapé de adversário; confira a regra

Kazim reclama de pênalti após pontapé de adversário; confira a regra

Por Meu Timão

140 mil visualizações 201 comentários Comunicar erro

Kazim lamentou decisão da arbitragem neste sábado

Kazim lamentou decisão da arbitragem neste sábado

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

Apesar de o Corinthians ter vencido o Santos e se mantido na liderança geral do Campeonato Paulista, o atacante Kazim, que deixou o banco de reservas aos 28 minutos do segundo tempo, reclamou de um pênalti a favor do Timão depois do apito final.

Tudo começou aos 34 da etapa complementar, quando o goleiro Vladimir, do Santos, deu um pontapé no inglês naturalizado turco com a bola em jogo. O árbitro Leandro Bizzio Marinho, então, mostrou cartão amarelo ao arqueiro, mas não assinalou a penalidade máxima a favor da equipe mandante.

Em entrevista na zona mista da Arena, Kazim foi breve ao falar sobre o lance, mas não deixou de evitar descontentamento com a decisão tomada pelo juiz. “Foi falta, não foi? Ele (Vladimir) não levou amarelo? Não tava dentro da área? Isso é o quê? Pênalti”, afirmou o camisa 18.

Dois pesos, duas medidas – Um lance semelhante, porém com outra decisão da arbitragem, ocorreu na decisão do Campeonato Paulista Sub-17 de 2014, entre Santos e Palmeiras, em novembro daquele ano. O goleiro palmeirense Daniel perdeu a cabeça no segundo tempo e agrediu o santista Victor Alex dentro da área com a bola rolando. O juiz do confronto em questão assinalou pênalti, posteriormente desperdiçado pelo time da Baixada Santista. Ainda assim, deu Santos, por 2 a 1.

O que diz a regra?

Será concedido um tiro penal se um jogador comete uma das dez faltas mencionadas abaixo dentro de sua própria área penal, independentemente da posição de bola e sempre que a mesma esteja em jogo.

  • dar ou tentar dar um pontapé em um adversário
  • dar ou tentar dar uma rasteira em um adversário
  • saltar sobre um adversário
  • trancar a um adversário
  • agredir ou tentar agredir a um adversário
  • empurrar a um adversário
  • dar um pontapé no adversário antes de tocar a bola
  • agarrar a um adversário
  • cuspir em um adversário
  • tocar a bola com as mãos deliberadamente (exceto o goleiro dentro de sua própria área penal)

Fonte: Esportes.br101.org/

Veja mais em: Erros de arbitragem, Kazim e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Corinthians de Jonathas não conseguiu vencer o Cruzeiro nesta quarta-feira

    VAR tem noite terrível, Corinthians é derrotado na Arena e perde título da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deu show à parte na finalíssima da Copa do Brasil

    Torcida do Corinthians dá novo show e 'se salva' em vice da Copa do Brasil; veja repercussão

    ver detalhes
  • Corinthians levou R$ 20 milhões pelo segundo lugar na Copa do Brasil

    Revés para o Cruzeiro na final da Copa do Brasil faz Corinthians perder quase R$ 40 milhões

    ver detalhes
  • Missão de Jair é ingrata: salvar a equipe do rebaixamento

    Realidade bate à porta do Corinthians: luta contra o rebaixamento e quase fora da Libertadores 2019

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes