Revelado na base do Corinthians, goleiro tenta recomeço no futebol da Itália

5.2 mil visualizações 29 comentários

Por Meu Timão

Revelado pelo Corinthians em 2001, Rubinho acerta com o Genoa (ITA)

Revelado pelo Corinthians em 2001, Rubinho acerta com o Genoa (ITA)

Reprodução

Revelado nas categorias de base do Corinthians, o goleiro Rubinho tenta recomeçar a sua carreira na atual temporada. Sem atuar em uma partida oficial desde o dia 18 de maio de 2014, jogando pelo Juventus na vitória por 3 a 0 sobre o Cagliari, o arqueiro agora parte rumo ao Genoa e tenta retornar o seu bom futebol.

Irmão mais novo do ídolo da Fiel Zé Elias, Rubinho foi promovido ao time profissional do Corinthians em 2001. Preterido por nomes como Gléguer e Doni no Timão, o jogador partiu para o futebol italiano em 2004, onde fez carreira. Sem clube por cerca de cinco meses, depois que seu contrato com o Juventus chegou ao fim, o goleiro garantiu que sua condição física permanece em dia para o novo desafio.

"Treinava por conta própria em academias e alguns times de várzea perto da minha casa, em Turim. Não joguei por nenhum time amador porque precisaria me inscrever na federação. O campeonato aqui é organizado. Fiz muita musculação e aprimorei a parte física no período", contou Rubinho ao portal ESPN.com.br.

O goleiro chegou a acertar com o Como, time da terceira divisão italiana, no final do ano passado, mas a proposta do Genoa realizada em janeiro deste ano mudou seus planos. “Não aparecia nada e não podia dizer não para essa oportunidade. Estava complicado. Eu não aguentava ficar sem clube, sem nada. Fiz 15 dias de treinos e fui para o banco em três partidas", comentou o arqueiro.

"Não deu nem tempo de me acostumar no Como. O Genoa me chamou, consegui a liberação e foi bom para mim. Uma volta às origens porque minha história na Itália começou aqui. Por causa dos bons campeonatos que fiz que muitos clubes me conheceram", completou.

Terceiro goleiro da Juventus, Rubinho atuou em apenas dois jogos nas quatro temporadas que permaneceu no clube. O brasileiro foi reserva e Gianluigi Buffon, um dos ícones do futebol mundial.

"Agora posso brigar por uma posição tranquilamente. Na Juventus era claro que não era possível. É um recomeço no lugar que conheço. Sei das dificuldades e das coisas boas que tem aqui. Estou matando as saudades", comentou o goleiro sobre o novo desafio da temporada.

Do banco de reservas, Rubinho viu o seu time ser quatro vezes campeão italiano, três vezes vencedor da Copa Itália e finalista da Uefa Champions League. Agora retornando ao clube onde viveu os melhores momentos da carreira, entre as temporadas 2006 e 2009, o goleiro garantiu estar ansioso para reencontrar a torcida do Genoa.

"Estou com muitas saudades de jogar. Eu não vejo a hora de poder jogar de novo. Estou contando os dias para ver se consigo essa oportunidade novamente", finalizou Rubinho.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Banco BMG deve mudar as cores de seu logo no novo uniforme do Corinthians

    Patrocinador desafia torcida do Corinthians e condiciona logotipo preto e branco a novas contas

    ver detalhes
  • Corinthians ficou no empate por 1 a 1 com o Ituano no último compromisso antes da paralisação

    Governador de São Paulo indica prazo para anunciar retorno do Paulistão; saiba previsão

    ver detalhes
  • VÍDEO: Nova camisa do Corinthians não é só no futebol: olha essa história do Free Fire do Timão

    ver detalhes
  • Manhã foi de trabalhos coletivos no CT Joaquim Grava

    Tiago Nunes comanda trabalhos coletivos em reapresentação do Corinthians após folga; veja fotos

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira vem treinando com os profissionais do Corinthians

    Técnico que trouxe Gabriel Pereira ao Corinthians analisa chegada do meia ao profissional

    ver detalhes
  • Elenco trabalha com bola desde a última quarta-feira

    Corinthians inicia segunda semana de trabalhos com bola no CT; relembre como foram primeiros dias

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: