'Adotado' por Kazim, Léo Jabá revela veterano que 'impõe respeito' no Corinthians

'Adotado' por Kazim, Léo Jabá revela veterano que 'impõe respeito' no Corinthians

8.7 mil visualizações 53 comentários Comunicar erro

Jabá elegeu Cristian o veterano mais 'reservado' do elenco do Timão

Jabá elegeu Cristian o veterano mais 'reservado' do elenco do Timão

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Léo Jabá foi promovido de vez ao elenco profissional do Corinthians em setembro de 2016, mas só neste início de temporada vem recebendo oportunidades. Titular no empate por 1 a 1 com a Ponte Preta no último domingo, o jogador revelou bastidores acerca do elenco alvinegro em entrevista ao canal do YouTube Desimpedidos.

Com muito bom humor, Jabá enalteceu o carinho do também atacante Kazim com ele. O inglês naturalizado turco mantém relação de amizade com todos do grupo corinthiano, especialmente os jovens promovidos da base. “Nessa segunda subida minha para o profissional, um cara que eu falo que é um ‘parceirão’ mesmo é o Kazim. O Kazim me adotou, fala que sou o filho dele, brinca, quer mandar... Aquela mania dos (jogadores) mais velhos com os mais novos, né. 'Vou pegar você no quarto e vai me servir!'. Mas ele é um cara gente boa”, reconheceu Jabá, que negou que o clube dê pouco espaço às pratas da casa.

“O pessoal todo recebeu a gente bem, porque tem muitos garotos da base, e eu fico muito feliz. Porque falam que o Corinthians não usa a base, que tem preconceito. Acho que não tem nada disso, não. É que antigamente tinha muitos jogadores ‘medalhões’ e era outra história do clube, outro momento”, opinou.

Entre outros assuntos, como os destaques da Seleção Sub-17 que disputa o Sul-Americano da categoria no Chile, Léo foi questionado sobre o veterano que impõe respeito no Corinthians, isto é, aquele jogador com quem ele evita fazer piadas. O atacante de 18 anos não teve dúvidas: “Não é que não brinca, a gente tem um respeito, fica meio assim de fazer as coisas. O Cristian (risos). (Com ele) A gente já fica mais quieto”, admitiu.

“Mas não tem muito esse negócio de diferença, não. A gente respeita todos e eles nos respeitam porque, querendo ou não, estamos lá e somos profissionais. Mas sempre tem essas brincadeirinhas dos mais velhos com os mais novos”, finalizou.

Veja mais em: Léo Jabá, Kazim, Cristian e Elenco do Corinthians.

Veja Mais:

  • Henrique marcou primeiro gol oficial do Corinthians na temporada de 2019

    Henrique faz no fim, Corinthians empata com São Caetano e deixa impressão positiva para o Paulistão

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor de futebol, falou em nome da diretoria na Arena Corinthians

    Luan, Love, Arana, Romero e Ramires: diretor do Corinthians atualiza negociações

    ver detalhes
  • Avelar foi eleito o pior corinthiano em campo neste domingo pela torcida

    Avelar é criticado, e pedidos por Arana marcam repercussão da estreia corinthiana nas redes sociais

    ver detalhes
  • Melhor corinthiano em campo, Fagner foi também o capitão do Timão neste domingo

    Abismo entre laterais do Corinthians é destacado por torcedores após empate com São Caetano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes