Rodriguinho esclarece ocorrido nos Estados Unidos e lamenta situação de Cristian

Rodriguinho esclarece ocorrido nos Estados Unidos e lamenta situação de Cristian

6.5 mil visualizações 57 comentários Comunicar erro

Sincero, Rodriguinho disse estar triste com afastamento de Cristian

Sincero, Rodriguinho disse estar triste com afastamento de Cristian

Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

Um dos porta-vozes do elenco do Corinthians, o meia Rodriguinho foi escolhido pelo clube para conversar com a imprensa nesta quarta-feira. A tônica da entrevista coletiva do armador, como esperado, acabou sendo o afastamento do volante Cristian, anunciado pela assessoria do Timão à tarde.

Sincero, Rodriguinho lamentou a decisão tomada pela diretoria alvinegra, já que considera o camisa 16 um “grande amigo”, mas evitou se alongar no discurso.

“Primeiro, eu fiquei triste, é um grande amigo dentro do elenco, a gente conversa bastante, é um cara experiente. Na minha opinião, um cara de coração muito grande. Mas não posso me envolver a respeito disso, é uma questão da diretoria tomar as decisões. Eu simplesmente fiquei triste por ser um grande amigo, mas infelizmente futebol é assim. A diretoria tem todo direito de tirar quem acha que não está fazendo bem”, disse Rodriguinho.

O afastamento de Cristian tem como principal motivo a entrevista dada pelo jogador na qual ele critica a falta de clareza do Corinthians em relação à sua situação. O meio-campista também acusa a diretoria do Timão de falta de assistência em um episódio nos Estados Unidos, durante a pré-temporada da equipe – após a vitória por 4 a 1 sobre o Vasco, Cristian notou que sua aliança havia sumido de seu quarto. O volante, então, reclamou de furto na concentração, acionou a polícia norte-americana e até pediu a Rodriguinho para revistar a mala do companheiro.

Questionado sobre a história, o meia não se esquivou. “Era um dia de folga, eu não estava no quarto. Ele acabou me ligando: ‘Rodrigo, você viu minha aliança?’. Disse: ‘Não vi, Cristian’. Ele perguntou se poderia olhar na minha mala, existiam seguranças do hotel procurando a aliança junto com ele. O cara falou que tinha que olhar tudo no quarto. Por telefone, falei: ‘Sem problema, pode olhar minhas coisas numa boa’. A aliança não apareceu. Quando voltei pro hotel à noite, ele estava bem chateado, bem preocupado porque tinha perdido sua aliança. Foi bem por aí que aconteceu”, esclareceu Rodriguinho, acrescentando ainda que tal ocorrido não tem peso para atrapalhar o clima dentro do elenco.

“Não vai atrapalhar. É uma coisa chata, a gente não gosta que aconteça. É um companheiro que está aqui há bastante tempo, tem carinho, amizade, respeito. Mas isso não vai ser empecilho pro jogo. Os jogadores estão focados em fazer seu melhor e sair classificados. Não vai atrapalhar em nada”, frisou.

Sem Cristian, o Corinthians volta a campo nesta quinta-feira, contra o Luverdense, às 19h30 (de Brasília), na Arena, valendo vaga na quarta fase da Copa do Brasil. Como venceu o jogo de ida, disputado em Cuiabá-MT, por 2 a 0, o Timão depende de um empate simples para seguir na competição.

Veja mais em: Cristian e Rodriguinho.

Veja Mais:

  • Carille retornou da Arábia Saudita para assumir o Corinthians em 2019

    Com festa da Fiel, Carille desembarca no Brasil e fala pela primeira vez sobre retorno ao Timão

    ver detalhes
  • Carille explicou perfil de contratações indicadas à direção alvinegra

    Sem estrelas: Carille traça perfil de contratações do Corinthians e rasga elogios a Ramiro

    ver detalhes
  • Sornoza fez boa temporada no Fluminense; meia já foi finalista da Libertadores com o Independiente del Valle

    Sem envolver jogadores, Corinthians e Fluminense chegam a acordo por transferência de Sornoza

    ver detalhes
  • Corinthians já anunciou cinco reforços para 2019

    Com Ramiro, Corinthians se torna clube da Série A com mais contratações para 2019

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes