Após derrota do Corinthians para Ferroviária, Cássio detona árbitro: 'Intimida os jogadores'

Após derrota do Corinthians para Ferroviária, Cássio detona árbitro: 'Intimida os jogadores'

Por Meu Timão

Cássio não poupou críticas ao árbitro Raphael Claus

Cássio não poupou críticas ao árbitro Raphael Claus

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians perdeu para a Ferroviária no fim de tarde deste domingo, em Araraquara, pelo placar de 1 a 0. O gol irregular de Alan Mineiro e mais precisamente o comportamento arbitrário do juiz Raphael Claus não foram esquecidos por Cássio, porta-voz do Timão após a derrota.

"(A bola) Bateu (na minha mão) na volta, não tem problema. Não tenho problema de assumir que bateu. Mas bateu no Alan Mineiro também. É muito difícil conversar com esse árbitro, com todo respeito. Fica intimidando os jogadores", declarou o camisa 12 do Corinthians.

"Temos de melhorar as duas classes (jogadores e árbitros), ter respeito, mas não dá para conversar. Não é desculpa por perdermos o jogo. Aconteceram os erros e saímos derrotados", completou.

A reclamação de Cássio diz respeito ao fato de Claus ter se recusado a ouvir os jogadores corinthianos após o lance do gol de Alan Mineiro. O árbitro, assim, ignorou os atletas alvinegros que tentavam alertá-lo sobre o toque de mão do meia da Ferroviária.

Como consequência da lambança, o Corinthians acabou derrotado para o lanterna do Paulistão. Na visão de Cássio, a atuação do Timão não foi das piores:

"Tivemos muitas chances e o goleiro deles foi muito feliz. Acabamos tomando o gol e não criamos efetivamente depois. Paramos no goleiro deles. O time sai derrotado, mas vamos pensar na próxima partida", disse.

"São três pontos em qualquer jogo, é como se fosse para qualquer outra equipe. Vamos trabalhar para melhorar isso", finalizou.

Veja mais em: Cássio, Erros de arbitragem e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes