Cássio critica horário de próximo jogo do Corinthians; entenda razão da partida à tarde

Cássio critica horário de próximo jogo do Corinthians; entenda razão da partida à tarde

Cássio conversou com a imprensa após treino pela manhã

Cássio conversou com a imprensa após treino pela manhã

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

O Corinthians não terá tempo para lamentar a derrota sofrida para a Ferroviária. Um dia depois de perder uma invencibilidade de nove jogos, o Timão iniciou preparação para a partida contra o Red Bull Brasil, quinta-feira, na Arena Corinthians. Tal jogo, aliás, foi motivo de críticas do goleiro Cássio.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, o arqueiro alvinegro lamentou o horário determinado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) para o confronto em Itaquera: 17h (de Brasília). De acordo com o jogador, a escala certamente afetará o público do Timão, mandante do duelo.

“O horário é complicado, muita gente trabalha, é o horário normal de trabalho. Às vezes a gente joga às 18h30, é muito ruim também, sabemos como é o trânsito de São Paulo. Mas o torcedor corinthiano está sempre apoiando em qualquer lugar, espero que possa ir o máximo possível. Mas também entendo que as pessoas trabalham. Horário ruim”, afirmou Cássio.

Apesar do horário incômodo para a torcida do Corinthians, a diretoria do clube deu aval para a realização do jogo às 17h. Como o Meu Timão adiantou no início de março, a agremiação paulista acatou à marcação inusitada por causa da Seleção Brasileira, que também entra em campo na quinta-feira, porém às 20h30, no Uruguai. A ideia foi a de não ter a concorrência da equipe de Tite, mesmo diante de um horário à tarde, em dia útil, na capital paulista.

Outro assunto abordado por Cássio foi a escassez de gols do time alvinegro nos últimos jogos (empate por 1 a 1 com Ponte Preta e Luverdense e derrota por 1 a 0 para a Ferroviária). Segundo o camisa 12, é necessário reforçar a competência das defesas adversárias.

“A culpa é dos goleiros (risos), vamos valorizar nosso trabalho. São situações do dia a dia, de treinamento, é trabalhando que vamos evoluir. A equipe chegou num patamar bom. Bem positivo. A equipe está mostrando uma cara, um estilo, e estamos crescendo e evoluindo mais. Espero que os gols saiam nos mata-matas”, finalizou.

Vale lembrar que o técnico Fábio Carille será obrigado a mexer na equipe para o compromisso diante do Red Bull Brasil. O meia Jadson levou o terceiro cartão amarelo e não pode ser escalado – Pedrinho, de 18 anos, que estreou profissionalmente em Araraquara, pode ganhar chance. Além do camisa 77, Fagner e Romero defendem suas respectivas seleções nas Eliminatórias.

Veja mais em: Cássio e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Anderson Martins, Leandro Castán e Enzo Roco foram especulado no Corinthians

    Com 50% dos votos, zagueiro é escolhido pela Fiel entre os especulados no Corinthians

    ver detalhes
  • Sem oportunidades, Bruno Paulo está próximo de deixar o Corinthians

    Fora dos planos do Corinthians, Bruno Paulo negocia com time pernambucano

    ver detalhes
  • Balbuena saiu lesionado do jogo contra o Vitória, na Fonte Nova

    Balbuena diminui prazo para volta ao Corinthians, e empresário fala em acordo por ida à Europa

    ver detalhes
  • Zagueiro Pablo está recuperado e deve reforçar Timão no domingo

    Titular retorna, e Carille esboça escalação do Corinthians para duelo com Atlético-GO

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes