Carille fala em vitória 'muito grande', mas revela incômodo com 'jogo reativo'

57 mil visualizações 80 comentários

Carille analisou atuação do Timão diante da La U e cobrou melhora do setor de criação

Carille analisou atuação do Timão diante da La U e cobrou melhora do setor de criação

Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

A vitória por 2 a 0 sobre a Universidad de Chile, nesta noite de quarta-feira, na Arena, não escondeu os problemas apresentados pelo Corinthians. Ao menos é assim que pensa Fábio Carille, treinador do Timão que levará vantagem considerável para Santiago, no Chile, daqui a um mês. Em entrevista coletiva em Itaquera, o comandante alvinegro analisou o desempenho de sua equipe e reconheceu que o oponente chileno foi superior ao longo da etapa inicial.

“Nós sabemos da dificuldade, uma equipe muito qualificada, há muito tempo jogando junto, diferente de nós, que estamos formando (uma equipe). A gente não conseguiu encaixar a marcação e eles foram muito superiores a nós no primeiro tempo. No segundo, conseguimos melhorar a marcação da saída de bola deles e fomos muito melhores. Uma vitória muito grande contra uma equipe muito qualificada”, celebrou Carille, que emendou a respeito do “tamanho” da vantagem conquistada pelo Corinthians dentro de seus domínios.

“A vantagem é grande, sim, mas não podemos pensar em ir tranquilos lá (para o Chile). Uma equipe que propõe jogo, começa com a bola no chão. Começamos a pensar no Campeonato Paulista, Copa do Brasil e depois lá (Sul-Americana). Essa vantagem é muito grande, mas não podemos ir tranquilos pra lá”.

Os gols do Timão foram marcados pelos meias Rodriguinho e Jadson, que até não brilharam como armadores, mas voltaram a ser decisivos. Um triunfo construído na base do jogo reativo, já que a Universidad de Chile fez o goleiro Cássio trabalhar e deu amostras de que pode surpreender. Para Carille, é necessário que o setor de criação corinthiano suba de produção.

“A ideia não é essa. É a nossa busca, a melhora da nossa parte ofensiva. Estamos nos dando melhor quando as equipes propõem em cima de nós. Mas estamos buscando melhorar, Jadson melhorando a cada dia, Rodriguinho, Clayton... Com isso, criar mais chances de gols. Quero mudar essa forma para sermos um time mais criativo”.

Antes de deixar a sala de imprensa da Arena, Carille elogiou a dupla de zaga composta por Balbuena e Pablo. “Foi o 18º jogo oficial, sete jogos com Balbuena e Pablo que não sofremos gol, casamento que está dando muito bem, jogadores sérios, número muito bom. Isso é muito importante”, finalizou.

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, diante do Botafogo-SP, às 16h (de Brasília), na Arena em Itaquera. Como empatou o compromisso de ida, no último sábado, por 0 a 0, depende de um triunfo simples para avançar às oitavas de final.

Confira outros trechos da entrevista de Carille

Bate-papo no intervalo

Foi bem simples. Quando falei, já tínhamos (comissão técnica) conversado cinco minutos antes de partir para os jogadores. De colar o Jô em cima do zagueiro do lado esquerdo e definir o Rodriguinho em cima do número 21. Foi muito bem feito e, com isso, crescemos no segundo tempo.

Proposta de jogo

Nossa ideia de jogo era iniciar pressionando lá em cima e nós não conseguimos, o zagueiro do lado esquerdo com muita qualidade de passe. Foi a qualidade da equipe do adversário que nos dificultou no primeiro tempo. Depois, conseguimos ajustar e foi um segundo tempo muito melhor.

Veja mais em: Fábio Carille e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Corinthians enfrenta Palmeiras na próxima quarta-feira, às 21h30

    Duelo entre Corinthians e Palmeiras pelo Paulistão tem horário definido; veja detalhes

    ver detalhes
  • Invadimos a Arena Corinthians de carro e tomamos blitz do Marcelinho Carioca

    VÍDEO: Invadimos a Arena Corinthians de carro e tomamos blitz do Marcelinho Carioca

    ver detalhes
  • Atacante Yony González não jogará mais pelo Corinthians

    Corinthians anuncia devolução de Yony González ao Benfica; veja nota oficial

    ver detalhes
  • Corinthians vai ter apenas dois dias para realizar o procedimento e deixar Jô apto para a estreia do Paulistão

    O que o Corinthians precisa fazer para contar com Jô no Dérbi? Entenda o procedimento

    ver detalhes
  • Corinthians tem, neste momento, 19 volantes sob contrato

    Corinthians chega a 19 volantes sob contrato profissional com promoção de Xavier; veja lista

    ver detalhes
  • Marcinho estava praticamente fechado, mas diretoria suspendeu conversas com o Botafogo; Yony González está fora

    Diretoria do Corinthians repensa gastos com contratações por conta de pressão externa

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: