Carille fala em vitória 'muito grande', mas revela incômodo com 'jogo reativo'

Carille fala em vitória 'muito grande', mas revela incômodo com 'jogo reativo'

57 mil visualizações 108 comentários Comunicar erro

Carille analisou atuação do Timão diante da La U e cobrou melhora do setor de criação

Carille analisou atuação do Timão diante da La U e cobrou melhora do setor de criação

Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

A vitória por 2 a 0 sobre a Universidad de Chile, nesta noite de quarta-feira, na Arena, não escondeu os problemas apresentados pelo Corinthians. Ao menos é assim que pensa Fábio Carille, treinador do Timão que levará vantagem considerável para Santiago, no Chile, daqui a um mês. Em entrevista coletiva em Itaquera, o comandante alvinegro analisou o desempenho de sua equipe e reconheceu que o oponente chileno foi superior ao longo da etapa inicial.

“Nós sabemos da dificuldade, uma equipe muito qualificada, há muito tempo jogando junto, diferente de nós, que estamos formando (uma equipe). A gente não conseguiu encaixar a marcação e eles foram muito superiores a nós no primeiro tempo. No segundo, conseguimos melhorar a marcação da saída de bola deles e fomos muito melhores. Uma vitória muito grande contra uma equipe muito qualificada”, celebrou Carille, que emendou a respeito do “tamanho” da vantagem conquistada pelo Corinthians dentro de seus domínios.

“A vantagem é grande, sim, mas não podemos pensar em ir tranquilos lá (para o Chile). Uma equipe que propõe jogo, começa com a bola no chão. Começamos a pensar no Campeonato Paulista, Copa do Brasil e depois lá (Sul-Americana). Essa vantagem é muito grande, mas não podemos ir tranquilos pra lá”.

Os gols do Timão foram marcados pelos meias Rodriguinho e Jadson, que até não brilharam como armadores, mas voltaram a ser decisivos. Um triunfo construído na base do jogo reativo, já que a Universidad de Chile fez o goleiro Cássio trabalhar e deu amostras de que pode surpreender. Para Carille, é necessário que o setor de criação corinthiano suba de produção.

“A ideia não é essa. É a nossa busca, a melhora da nossa parte ofensiva. Estamos nos dando melhor quando as equipes propõem em cima de nós. Mas estamos buscando melhorar, Jadson melhorando a cada dia, Rodriguinho, Clayton... Com isso, criar mais chances de gols. Quero mudar essa forma para sermos um time mais criativo”.

Antes de deixar a sala de imprensa da Arena, Carille elogiou a dupla de zaga composta por Balbuena e Pablo. “Foi o 18º jogo oficial, sete jogos com Balbuena e Pablo que não sofremos gol, casamento que está dando muito bem, jogadores sérios, número muito bom. Isso é muito importante”, finalizou.

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, diante do Botafogo-SP, às 16h (de Brasília), na Arena em Itaquera. Como empatou o compromisso de ida, no último sábado, por 0 a 0, depende de um triunfo simples para avançar às oitavas de final.

Confira outros trechos da entrevista de Carille

Bate-papo no intervalo

Foi bem simples. Quando falei, já tínhamos (comissão técnica) conversado cinco minutos antes de partir para os jogadores. De colar o Jô em cima do zagueiro do lado esquerdo e definir o Rodriguinho em cima do número 21. Foi muito bem feito e, com isso, crescemos no segundo tempo.

Proposta de jogo

Nossa ideia de jogo era iniciar pressionando lá em cima e nós não conseguimos, o zagueiro do lado esquerdo com muita qualidade de passe. Foi a qualidade da equipe do adversário que nos dificultou no primeiro tempo. Depois, conseguimos ajustar e foi um segundo tempo muito melhor.

Veja mais em: Fábio Carille e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Thiago Neves desperta interesse no Corinthians

    Corinthians formaliza interesse em Thiago Neves e Sassá, relata Cruzeiro

    ver detalhes
  • Ramiro foi peça importantes nos últimos títulos do Grêmio

    Pai de Ramiro revela conversas adiantadas com o Corinthians e fala em acerto ainda nesta semana

    ver detalhes
  • Matias Ávila, diretor financeiro, e Roberto Gavioli, gerente financeiro, em coletiva nesta quarta-feira

    Corinthians confirma déficit em 2018, mas prevê explosão de receitas com TV e patrocínios

    ver detalhes
  • Meio campista está bem perto de se tornar novo reforço do Corinthians

    Diretor do Fluminense confirma 'sim' de M. Gabriel e Corinthians se aproxima de acerto por Sornoza

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Marcelo

    Ranking: 55º

    Marcelo 7932 comentários

    por @marcelo1978

    Boa entrevista, ele foi consciente e admitiu que o time não foi bem no primeiro tempo. No segundo, ele acertou o time.

  • Foto do perfil de Gabriel

    Ranking: 2201º

    Gabriel 471 comentários

    por @gabriel.brito10

    O Carille é muito consciente do fala, ele sabe onde o time foi mal, onde foi bem, sabe como o time rende mais e testando os jogadores sabe quem rende mais e não se apega a jogador que está jogando mal, se estiver mal ele coloca um que está melhor, o Carille vai calar a boca de muitos, incluvise dos torcedores cornetas aqui e vai ganhar muitos títulos com o Timão

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Elizeu

    Ranking: 89º

    Elizeu 5468 comentários

    108º. por @elizeu.santos

    Tá indo muito bem... Fez uma mitança total...Até agora não entendo como o Corinthians do nada voltou REAL Madrid para o segundo tempo... Parabéns PEPE Carille

  • Foto do perfil de Ricardo

    Ranking: 626º

    Ricardo 1395 comentários

    107º. por @ricardo.camarinho

    Agora só faltam salientar a grande importância tática que está tendo o Romero. Pra mim, um cara que joga para o time este ano e com muita garra e força de vontade.

  • Foto do perfil de george

    Ranking: 46º

    George 9223 comentários

    106º. por @georgearcienega

    Se a diretoria não contratar atacante de peso, o Carille não vai até o fim do brasileirão!

  • Foto do perfil de andre

    Ranking: 451º

    Andre 1800 comentários

    105º. por @andre.edu

    Tomara que domingo não sofra tanto e passe pras semi

  • Foto do perfil de RENATO

    Ranking: 77º

    Renato 6119 comentários

    104º. por @rmagalhaes

    Foi um jogo muito difícil, ainda mais no 1 ª etapa.
    A marcação não entrou o time correu mas não conseguia manter a bola e não acertava a pegada!,
    Que bom que o gol saiu e nos ajudou a fazer um 2 tempo mais tranquilo.
    Mas tem muito jogo no chile e será uma batalha!
    precisamos de um gol lá para tranquilizar o jogo senão deve vir pressão!

  • Foto do perfil de Alexsandro

    Ranking: 4314º

    Alexsandro 217 comentários

    103º. por @alex.arthur

    Ele também está depositando confiança no Clayton, já deu uma dinâmica no ataque apesar de ter perdido aquele gol...
    Graças à Deus da acho que nosso time está pegando no breu...prova disso foi o primeiro gol, foi um trabalho em conjunto...Arana perfeito no cruzamento..Nosso time está ganhando o que no futebol é muito mais importante que técnica...Canxa, malícia de jogo.
    Pois seu um time não tem isso nunca será uma equipe vencedora.

  • Foto do perfil de Victor

    Ranking: 108º

    Victor 4907 comentários

    102º. por @victor.guimaraes21

    2 coisas para acrescentar, não da pra continuar com Romero como titular, tá na hora de voltar com o Jaba ou colocar o Clayton, a outra é que o Léo Principe não esta rendendo, nosso lado direito fica muito fraco quando o Fagner não joga, então esta na hora do Carille buscar outras opções.

  • Foto do perfil de elias

    Ranking: 436º

    Elias 1850 comentários

    101º. por @ze.elias

    Vamos mudar para Fera Carille o que você vêm fazendo no Corinthians agora é torcer para tudo isso se torna em títulos

  • Foto do perfil de Lourival

    Ranking: 88º

    Lourival 5596 comentários

    100º. por @lourival.junior

    Estou gostando muito do trabalho do Carille! Firme em suas colocações e muito sincero! Outra coisa que percebi na entrevista é o respeito que ele tem junto aos jogadores! Um dos repórteres perguntou para ele e o Jadson, a mesma pergunta ao mesmo tempo: Para que os dois respondessem, eu esperei para ver como seria isso e o Jadson ficou quieto fazendo com que o Carille tomasse a palavra! Parece bobo, mas isso demonstra respeito, se fosse um cristóvão Borges, acho que o jogador o teria atravessado!

  • Foto do perfil de Matheus

    Matheus 3 comentários

    99º. por @matheus.silva45

    É verdade que no primeiro tempo a gente tomou sufoco e não conseguimos jogar e no contra-ataque conseguimos marcar ainda no primeiro tempo. Mas a gente tem que enaltecer o trabalho do Carille, o time não é mil maravilhas e ainda não passa certa confiança, mas ontem no segundo tempo o Corinthians conseguiu aniquilar o time adversário, e achou brechas para poder criar e dominar o jogo. E quando fez o segundo gol a gente teve ainda mais espaço pra jogar principalmente no contra-ataque. E o Carille mexeu muito bem no time, não foi covarde, e quis matar o jogo. O terceiro e quarto gol não saiu apenas por nossos atancantes não terem sido efetivos, mas a entrada do Clayton e do Pedrinho mostrou que o Carille teve a visão certa que o jogo estava pra gente e que dava pra conseguir mais gols. Fiquei feliz com a coragem, a visão do jogo e as alterações que nosso técnico fez ontem.