Portal denuncia três contratos suspeitos nas categorias de base do Corinthians

Portal denuncia três contratos suspeitos nas categorias de base do Corinthians

Por Meu Timão

5.1 mil visualizações 123 comentários Comunicar erro

Mané da Carne, apadrinhado por Andrés Sanchez, volta a protagonizar escândalo no Corinthians

Mané da Carne, apadrinhado por Andrés Sanchez, volta a protagonizar escândalo no Corinthians

Divulgação/Facebook

Enquanto se reformula mais uma vez na gestão do presidente Roberto de Andrade, a base do Corinthians convive, mais uma vez, com a exposição de escândalos na mídia. Em reportagem publicada nesta terça-feira pelo portal Uol, foram denunciados três contratos suspeitos envolvendo jogadores que pertenciam ao Sub-17 no ano passado.

Felipe França Lopes Rodrigues, hoje com 18 anos, Tony Mateus Silveira, 18, e João Lucas de Brito Rodrigues Sales, 17, assinaram contratos de formação com o Corinthians. Até aí, tudo bem. O problema é que eles haviam sido reprovados nos testes: tiveram nota ruim em dez quesitos e nota regular em outros três. Ainda assim, tiverem vínculos assinados pelo então diretor da base José Onofre - demitido em agosto do ano passado.

Dos garotos citados, dois chegaram ao Corinthians por indicação do conselheiro Manoel Ramos Evangelista, o Mané da Carne. Outro, por intermédio do próprio José Onofre.

Chama atenção o fato de Tony e João Lucas nem mesmo terem entrado em campo pelo Sub-17 do Corinthians. Felipe França atuou apenas em 29 minutos na vitória por 6 a 0 sobre o São José, no Paulistão da categoria. De acordo com o clube, o trio passará por novos testes para saber se será ou não aproveitado no Sub-20 a partir de 2017.

O outro lado

Procurados pela reportagem do Uol, José Onofre e Mané da Carne "lavaram as mãos" em relação ao novo escândalo: "Os jogadores eram aprovados pelo treinador e supervisor, só vinha o contrato para eu assinar e mais nada. Como já passou na mão de todo esse pessoal, você aprova", argumentou o ex-diretor. "O pai do Felipe me pediu no Rio de Janeiro para ele fazer um teste no Corinthians. O moleque está tentando a vida dele. Me ligam pedindo, 'tenho um menino de 15 anos para testes', e pelo meu coração, por bondade, uma porção de coisas, eu apresento. Apresentei moleques que nem sei quem são", disse, por sua vez, o conselheiro que já teve o nome envolvido em outro esquema suspeito na base alvinegra.

Veja mais em: Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians de Fábio Carille deve chegar reforçado para temporada de 2019

    Retorno de Carille turbina padrão do Corinthians no mercado da bola; veja listas e compare

    ver detalhes
  • Ramiro tem 25 anos e estava no Grêmio desde 2013

    Negócio entre Corinthians e Ramiro é detalhado por presidente do Grêmio: 'Estamos amarrados'

    ver detalhes
  • Thiago Neves desperta interesse no Corinthians

    Corinthians formaliza interesse em Thiago Neves e Sassá, relata Cruzeiro

    ver detalhes
  • Matias Ávila, diretor financeiro, e Roberto Gavioli, gerente financeiro, em coletiva nesta quarta-feira

    Corinthians confirma déficit em 2018, mas prevê explosão de receitas com TV e patrocínios

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes