Rodriguinho diz viver melhor momento da carreira e cita jogo de 2015 como 'salto'

Rodriguinho diz viver melhor momento da carreira e cita jogo de 2015 como 'salto'

Por Meu Timão

4.1 mil visualizações 43 comentários Comunicar erro

Rodriguinho foi decisivo no primeiro Majestoso da semifinal do Paulista

Rodriguinho foi decisivo no primeiro Majestoso da semifinal do Paulista

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Dono de um gol e uma assistência na vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, Rodriguinho vive momento especial no Corinthians. Aos 29 anos, o jogador é titular absoluto do Timão e um dos principais nomes da equipe comandada por Fábio Carille, semifinalista do Campeonato Paulista. O próprio armador reconhece o bom momento não só dele como do time, apontado como "quarta força" do estado desde o início do ano.

"Olha, a temporada passada também foi muito boa, estou dando continuidade ao trabalho que vem sendo feito. Estou muito feliz, principalmente porque a equipe está muito bem, buscando o título, lógico que tem um jogo super difícil ainda. A gente vem bem forte para isso", disse Rodriguinho em entrevista ao programa Seleção SporTV.

Antes de brilhar com a camisa do Corinthians, no entanto, Rodriguinho demorou a engrenar no Parque São Jorge. Tudo mudou no dia 4 de outubro de 2015, quando o Timão visitou a Ponte Preta em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Na ocasião, com poucas opções para o setor de meio-campo, Tite colocou o camisa 26 no segundo tempo. A mudança resultou em ponto importante no Moisés Lucarelli, já que o meia marcou um gol e contribuiu para o empate por 2 a 2.

Questionado se estaria em seu melhor momento profissional, Rodriguinho foi comedido. "É um dos melhores. Eu compartilho esse melhor momento com a reta final do Campeonato Brasileiro do ano passado, estava numa fase muito boa, fazendo gols e ajudando a equipe", afirmou, antes de recordar o confronto em Campinas.

"Tem um momento bastante especial que mudou muita coisa, o jogo da Ponte Preta do Brasileiro de 2015, entrei no segundo tempo, fiz o gol de empate e ali as coisas começaram a melhorar. Passei a ter confiança da torcida, aqui dentro do Corinthians. O pessoal sabia do meu potencial, mas, a partir dali, foi um salto que as coisas começaram a se encaminhar de uma forma melhor".

Fora da Copa Libertadores da América, o Corinthians soma 14 vitórias, oito empates e apenas duas derrotas em 2017. Para o atleta, o trabalho de Carille pode render ainda mais frutos. "Realmente, agora a equipe está bem mais encaixada, estamos evoluindo, sempre falamos isso. Pelo menos as vitórias de 1 a 0 nos davam tranquilidade. A gente conseguindo evoluir essa parte ofensiva, conseguir envolver a equipe adversária, errar menos passes, transição bem melhor, vamos nos tornar uma equipe mais forte ainda", projetou o armador, que renovou contrato com o Timão, hoje valido até o fim de 2019, há cerca de três semanas.

"Tive uma proposta do Fenerbahçe (TUR) nesse momento, daí a gente entrou em conversa com o Corinthians pra ver se era viável. Eles acharam melhor eu permanecer e renovaram (meu contrato)", contou Rodriguinho, que logo deixou a humildade de lado para confirmar que está no ápice da carreira: "Concordo, sim. Está bom (risos)”.

Veja mais em: Rodriguinho, Campeonato Paulista e Majestoso.

Veja Mais:

  • Jonathas está na mira do Corinthians, que já vê concorrente pelo centroavante brasileiro

    Corinthians vê clube turco demonstrar interesse por Jonathas

    ver detalhes
  • Fagner faz parte da delegação canarinha que busca o hexa na Rússia

    Até rivais se rendem, e Fagner é elogiado após estreia em Copas do Mundo; veja repercussão

    ver detalhes
  • Fagner e Tite trabalharam juntos no Corinthians em 2015 e 2016

    Fagner ou Danilo? Corinthiano leva vantagem nas estatísticas defensivas e ofensivas na Copa

    ver detalhes
  • Os maiores perrengues no Jornalismo feat André Ranieri | #61

    VÍDEO: Os maiores perrengues no Jornalismo feat André Ranieri | #61

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes