Carille enaltece apoio da Fiel, evita condenar sinalizadores e festeja fator Arena Corinthians

Carille enaltece apoio da Fiel, evita condenar sinalizadores e festeja fator Arena Corinthians

Por Meu Timão

3.2 mil visualizações 45 comentários Comunicar erro

Carille vem se dando bem com a torcida do Timão

Carille vem se dando bem com a torcida do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians foi eliminado da Copa do Brasil na última quarta-feira e já encara outra decisão mata-mata neste domingo, contra o São Paulo, mas nem por isso o técnico Fábio Carille se sente pressionado no cargo de treinador. Pelo contrário.

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, o comandante do Timão enalteceu o apoio que vem recebendo da torcida corinthiana. Eliminações, como ele mesmo destacou, fazem parte do currículo de grandes técnicos.

"O apoio da torcida está muito legal, declarações e mensagens que estão sendo enviadas, achando que a equipe está mais do que esperavam. Tendo eles por perto somos mais fortes. Nem sempre agradamos a todos, é normal. O Tite foi eliminado em 2015 e 2016 e houve certa cobrança, faz parte. Mas o carinho e o entendimento estão muito legais", disse.

Um dos pontos abordados por Carille no que diz respeito à Fiel é a utilização de sinalizadores durante as partidas. Apesar de proibidos, os artefatos vêm marcando presença nas arquibancadas da Arena Corinthians nestes primeiros meses de 2017.

Na última quarta-feira, contra o Internacional, o jogo chegou a ser interrompido em duas oportunidades pela arbitragem por conta de sinalizadores acendidos pela torcida alvinegra no setor Norte. Muitos torcedores, pelas redes sociais, reclamaram pois a paralisação teria prejudicado o Timão em um momento da partida no qual a equipe mandante estava melhor.

"A torcida, principalmente depois do jogo do Palmeiras, comprou a nossa ideia de jogo. A gente sabe que é proibido (sinalizadores), eles usaram num momento que não era muito ideal, o Inter conseguiu equilibrar o jogo com a substituição do Robinson pelo Valvidia, naquele momento não nos ajudou, mas na maioria dos momentos nos ajuda e vem nos ajudando muito", ponderou o treinador.

Por fim, Carille falou sobre a força do Corinthians atuando em Itaquera. Apesar de a equipe ter somado sua sexta eliminação na Arena em duelos mata-mata, o treinador minimizou os reveses e preferiu enaltecer outros números que nem sempre são lembrados pelos críticos.

"Temos eliminações, mas temos classificações. Para a imprensa vale falar das eliminações, mas passamos de vários (mata-matas) também. Empatamos e fomos eliminados nos pênaltis. Eles (São Paulo) jogaram domingo e quarta, e nós também. Não tem pressão extra, e sim, responsabilidade", declarou.

Veja mais em: Fábio Carille, Arena Corinthians e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Revelação de 2017, Pedrinho reforça Corinthians diante do Red Bull Brasil

    Com Pedrinho, Carille relaciona 23 no Corinthians para duelo com Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Renê Júnior foi apresentado pelo Corinthians à imprensa em 7 de janeiro

    Reforço de R$ 5 milhões, volante aguarda primeira chance no Paulistão; novo esquema pode ajudá-lo

    ver detalhes
  • Livro 'Sócrates Eterno' será lançado na noite desta segunda, em São Paulo

    Viúva de Sócrates lança autobiografia do ex-jogador do Corinthians nesta segunda em São Paulo

    ver detalhes
  • Sem contusão, Clayson treinou normalmente e deve pegar Red Bull

    Após exames, Clayson treina no Corinthians e deve enfrentar Red Bull

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes