Finalista pela primeira vez no Corinthians, Gabriel faz apelo: 'Temos que respeitar a Ponte'

Finalista pela primeira vez no Corinthians, Gabriel faz apelo: 'Temos que respeitar a Ponte'

Por Meu Timão

Gabriel mostrou bastante humildade ao projetar final entre Corinthians e Ponte Preta

Gabriel mostrou bastante humildade ao projetar final entre Corinthians e Ponte Preta

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O volante Gabriel vive a expectativa de, pela primeira vez em quatro meses de Corinthians, disputar uma final. E engana-se quem pensa que a soberba pelo sucesso repentino subiu à cabeça do camisa 5 alvinegro.

Em entrevista concedida nesta segunda-feira ao programa Globo Esporte, da TV Globo, Gabriel pregou bastante humildade e pés no chão ao falar sobre a final do Campeonato Paulista entre Corinthians e Ponte Preta.

"Respeitar. Temos que respeitar a Ponte. Não podemos achar que será um jogo fácil. A Ponte tem muita qualidade, força. É ir com os pés no chão e com a mesma vontade que temos dentro e fora de casa. Aí sim faremos um bom resultado fora de casa", disse.

E MAIS: Gabriel e outros corinthianos fizeram discurso de preleção; assista

O apelo de Gabriel por respeito ao adversário tem precedente: o Palmeiras, seu ex-clube, apanhou de 3 a 0 da equipe campineira no Moisés Lucarelli, no duelo de ida das semifinais. Assim, o volante do Timão sabe da importância de encarar o primeiro jogo com seriedade para, aí sim, usufruir da vantagem de decidir o título em Itaquera.

"Final sempre jogo duro, pegado, uma guerra. Mas o Corinthians vai forte, concentrado. Sabemos que temos a vantagem de decidir em casa, mas sabemos que precisamos fazer um primeiro jogo muito bom em Campinas para trazer o resultado e aí decidir em casa e ir com tudo para ser campeão", declarou.

Majestoso pegado

Um dos destaques do Corinthians nos confrontos contra o São Paulo válidos pelas semifinais, Gabriel também falou um pouco sobre o empate de 1 a 1 do último domingo, que selou a classificação do Timão à decisão estadual. O camisa 5 preferiu minimizar o excesso de violência dos são-paulinos em alguns lances.

"Foi um jogo muito aguerrido, como sempre. As equipes vêm jogar contra nós na nossa arena querendo brigar, chegar forte. Corinthians é assim, também chega forte, sempre tentando chegar na bola, de vez em quando pega um adversário ou outro, mas nunca na maldade. Foi um jogo aguerrido, mas o Corinthians fez uma partida segura", resumiu.

Veja mais em: Gabriel e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Oposicionista deve oficializar sua candidatura em breve

    Com diretores atuais como vice, Paulo Garcia se lança como candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • SAUDAÇÕES CORINTHIANAS #16 | 7 zagueiros para 2018

    VÍDEO: SAUDAÇÕES CORINTHIANAS #16 | 7 zagueiros para 2018

    ver detalhes
  • Romarinho marcou sobre o Real Madrid, na semifinal do Mundial de Clubes de 2017

    Corinthians tira onda no Twitter após gol de Romarinho no Real Madrid

    ver detalhes
  • Novo uniforme branco do Corinthians na temporada 2017/18

    Corinthians e Nike renovam parceria até 2029; clube recebe bolada de luvas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes