Jovem se torna artilheiro um ano após 'maior escândalo da história base do Corinthians'

9.2 mil visualizações 32 comentários

Por Meu Timão

Alyson se tornou referência no ataque do Sub-17 do Corinthians

Alyson se tornou referência no ataque do Sub-17 do Corinthians

Olavo Guerra/Divulgação/Corinthians

Há exatamente um ano, o Corinthians vivia a explosão de um dos maiores escândalos da história de suas categorias de base. O "caso Alyson", como viria a se tornar conhecido, expôs inúmeros personagens dos bastidores corinthianos e por pouco não findou prematuramente a carreira de um jovem atacante que hoje brilha no Sub-17 do Timão.

Conforme lembrado pelo diário Lance! em reportagem publicada nesta terça-feira, o jovem Alyson, pivô da polêmica de um ano atrás, atualmente é destaque nas categorias de base alvinegras. Sob comando do técnico Marco Soares, ele é o artilheiro do Timãozinho no Campeonato Paulista Sub-17, com três gols em quatro jogos - esteve em campo no último sábado, em partida que marcou a manutenção da equipe na liderança.

A história que vai se desenhando com traços de superação, no entanto, era de apuros há alguns meses.

Alyson, no início de 2016, despertou interesse de um empresário estadunidense chamado Helmut Niki Apaza. Este, por sua vez, alegou ter pago 60 mil dólares (R$ 205,8 mil na cotação da época) por 20% dos direitos econômicos do jogador. Tal fatia, no entanto, jamais chegou às mãos do agente, que então passou a ameaçar entrar na Justiça.

As pessoas ligadas ao Corinthians que tiveram os nomes envolvidos diretamente na negociação fraudulenta foram o então gerente da base Fábio Barrozo e o conselheiro Manoel Ramos Evangelista, o Mané da Carne. O primeiro acabou demitido do clube; o segundo, parceiro de Andrés Sanchez, segue influente nos bastidores do Timão.

No que diz respeito a Alyson, as consequências foram bastante graves: o jovem, que passou três meses treinando separadamente no Parque São Jorge, chegou até mesmo a ter a casa invadida e o pai agredido depois que o rolo envolvendo seus direitos econômicos se tornou público. O então agente do jogador, Julio Cesar Polizeli, foi apontado pelos familiares como autor da invasão e da agressão.

Veja mais em: Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Meia não foi relacionado por Sampaoli nos jogos do Brasileirão

    Corinthians encaminha acerto com Romulo Otero do Atlético Mineiro

    ver detalhes
  • Meia tem muita moral no Chile e é visto como grande promessa do país

    Jornais do Chile repercutem gol e assistência de Araos pelo Corinthians; veja alguns tuítes

    ver detalhes
  • Luan ainda não convenceu a torcida do Corinthians

    Tiago Nunes banca Luan como titular do Corinthians após ausência em estreia no Brasileirão

    ver detalhes
  • Timão espera contar com Gil no segundo compromisso do Brasileirão

    Corinthians trabalha por liberação de dupla para próximo jogo no Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • O que ainda te mantém em pé após mais um revés, corinthiano?

    [Ana Paula Araújo] O que ainda te mantém em pé após mais um revés, corinthiano?

    ver detalhes
  • Corinthians e Fortaleza se enfrentarão em uma quarta-feira

    CBF altera data e horário de jogo do Corinthians contra o Fortaleza no Brasileirão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: