Liberado para jogar pelo Corinthians na final, Fagner se diz arrependido por lance com Cueva

2.9 mil visualizações 31 comentários

Por Meu Timão

Lateral vai em busca de primeiro Paulistão com o Timão

Lateral vai em busca de primeiro Paulistão com o Timão

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Melhor lateral direito das duas últimas edições do Campeonato Paulista, Fagner viveu dias de apreensão no Corinthians antes da final deste domingo, contra a Ponte Preta, às 16h, em Itaquera. Envolvido em lance polêmico com Cueva no clássico contra o São Paulo, o jogador havia sido suspenso da decisão e ficou na expectativa pelo efeito suspensivo, concedido nesta sexta feira.

Feliz por poder atuar, foi em Deus, na família e nos amigos que Fagner se apoiou enquanto esperava o resultado do julgamento e de seu recurso. Arrependido, o lateral diz ter aprendido com tudo o que aconteceu.

"Com certeza seria muito triste para mim ficar fora. Foi um lance onde sei que não deveria ter feito o que fiz, me arrependo, mas acabou ali. Serve de aprendizado e amadurecimento", afirmou o camisa 23 em entrevista ao Lancenet!.

Jogador mais contemplado com a faixa de capitão no rodízio do Corinthians, tendo entrado em campo com ela em seis oportunidades, Fagner acredita que o cargo está em boas mãos para a final.

"O Cássio merece. É quem tem mais tempo de casa, já conquistou muitas coisas boas no clube e vai nos representar bem no jogo como capitão. Vamos lutar para conquistar esse título para ele poder levantar a taça", disse o jogador.

Mas, se o troféu do Paulistão não vai ser erguido por ele, outro tende a ir para a sua casa. Favorito ao prêmio de melhor lateral direito do torneio, o camisa 23 pode ser premiado pela terceira vez seguida, na segunda-feira, quando saem os resultados da eleição da Federação Paulista de Futebol.

"Se acontecer será algo muito gratificante. É o reflexo do trabalho e um reconhecimento. Fico feliz por esta regularidade por três anos e por estar cotado, mais uma vez, para receber este prêmio", ressaltou.

"Não é algo que fico pensando, pois, neste momento, o mais importante é conseguirmos este título. Mas se acontecer, será muito bom e um prêmio que, assim como foi nos últimos dois anos, terei que dividir os méritos com o grupo", completou.

Revelado nas categorias de base do Corinthians, Fagner tem quase 200 jogos com a camisa alvinegra. Campeão brasileiro pelo clube em 2015, o jogador pode conquistar seu primeiro Campeonato Paulista no domingo, em Itaquera.

Veja mais em: Fagner.

Veja Mais:

  • Técnico Sylvinho realizou o quarto dia de treinamentos para enfrentar o Flamengo nesta sexta-feira

    Corinthians faz atividade focada em finalizações e posicionamento tático de olho no Flamengo

    ver detalhes
  • Cássio falou sobre seu futuro no Corinthians

    Cássio fala sobre futuro no Corinthians e comenta chance de seguir carreira em outro clube

    ver detalhes
  • Claudinho. hoje no Bragantino, nada tem a ver com o processo iniciado pelo ex-empresário contra o Corinthians; acordo já foi homologado na Justiça

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com ex-agente de Claudinho em 20 parcelas

    ver detalhes
  • Cássio comemorou a chegada de Renato Augusto e Giuliano ao CT Joaquim Grava

    Cássio destaca confiança em reforços do Corinthians, mas evita falar em título no Brasileiro

    ver detalhes
  • Se nenhuma intercorrência acontecer até domingo, Gabriel se tornará o sexto jogador do Corinthians a completar 100 jogos na Neo Química Arena

    Gabriel se tornará o sexto jogador a completar 100 jogos na Neo Química Arena: 'Sonho realizado'

    ver detalhes
  • Léo é atacante e teve passagem pela base do Corinthians

    Shandong empresta atacante ex-Corinthians e abre vaga na lista de estrangeiros

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x