Perto do primeiro título como treinador, Carille fala sobre preparação do Corinthians para final

Perto do primeiro título como treinador, Carille fala sobre preparação do Corinthians para final

2.4 mil visualizações 30 comentários Comunicar erro

Auxiliar desde 2009, Carille já sonha com primeiro título como treinador

Auxiliar desde 2009, Carille já sonha com primeiro título como treinador

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Oito vezes campeão como auxiliar do Corinthians, Fábio Carille vive a expectativa de conquistar seu primeiro título como treinador. Em sua temporada de estreia como efetivo no comando alvinegro, Carille faz neste domingo, às 16h, em Itaquera, sua estreia em finais.

"Com certeza é diferente. Desde 2009 aqui no Corinthians eu participei de oito títulos, sempre como auxiliar. Nunca imaginava que ia começar numa equipe desse tamanho, é um sonho e graças a Deus as coisas estão caminhando bem. Se acontecer (ser campeão) é algo que vai ser muito diferente e marcante", disse o comandante em entrevista à CorinthiansTV.

Às vésperas da decisão, é impossível não lembrar das finais disputadas em outra função. As experiências servem, então, como inspiração para manter a cabeça do atual elenco corinthiano no lugar. O treinador sempre valoriza os profissionais com quem trabalhou.

"Temos que valorizar o que aprendemos e colocar nesse momento, principalmente com Mano e Tite, que foi quando participei de decisões. Com Mano foram duas, Paulista e Copa do Brasil de 2009, com Tite foram sete, seis títulos. Sabemos que é uma semana diferente, todo mundo fica mais agitado e a gente traz para o dia a dia algumas coisas que lembramos ser positivas naquele momento", contou Carille.

Mesmo com o frio da barriga inevitável para o decisivo confronto, Fábio sabe que não é hora de inventar. Muito sólido durante toda a campanha, o Timão, segundo o treinador, só precisa repetir o que vem fazendo.

"Temos que fazer bem o que foi feito até agora por que é um momento decisivo e não podemos errar. Não temos que inventar nada e sim dar seguimento naquilo que foi feito para termos chegado até a final", afirmou.

"O frio na barriga existe, não tem como, é do ser humano. É uma ansiedade para que chegue o jogo logo. Costumamos brincar que chega segunda mas não chega domingo. A preparação e o envolvimento de todos faz com que seja um jogo diferente mesmo. É muito grande, mas faz parte", completou o técnico.

Para a grande final contra a Ponte Preta, Carille vai a campo com dois desfalques: Gabriel e Rodriguinho, ambos suspensos pelo terceiro cartão. Sendo assim, a equipe que o treinador manda a campo será formada por Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Paulo Roberto, Jadson, Camacho, Maycon e Romero; Jô.

Confira a entrevista de Carille na íntegra

Veja mais em: Fábio Carille e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Torcedor apaixonado pelo Corinthians, Senna é inspiração de novo uniforme

    Nova terceira camisa do Corinthians ganha data de lançamento

    ver detalhes
  • Prejudicado pela arbitragem, Timão empatou com Internacional na Arena Corinthians

    Confira a posição do Corinthians ao fim da 26ª rodada do Brasileirão-18

    ver detalhes
  • Jogadores ficarão concentrados no CT por dois dias

    Corinthians antecipa concentração no CT antes de semifinal contra o Flamengo

    ver detalhes
  • Desfalques por suspensão contra Internacional, Ralf treinou no CT do Corinthians

    Com reservas em ação, Corinthians dá início a preparação para decisão na Copa do Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes