Capitão na conquista do Paulista, Cássio admite nervosismo antes de levantar a taça

Capitão na conquista do Paulista, Cássio admite nervosismo antes de levantar a taça

3.2 mil visualizações 29 comentários Comunicar erro

Cássio foi o capitão na conquista do Timão no Paulistão de 2017

Cássio foi o capitão na conquista do Timão no Paulistão de 2017

Foto: Divulgação / Arena Corinthians

Goleiro com a maior quantidade de título na história do Corinthians, Cássio levantou a taça do Campeonato Paulista de 2017 pelo time alvinegro neste domingo. Em sua primeira vez como capitão do time do técnico Fábio Carille, arqueiro admitiu nervosismo com o caneco nas mãos e exaltou a alegria com mais uma conquista no Timão – garantida após um empate de 1 a 1 diante da Ponte Preta.

“Primeira vez [como capitão], a primeira vez que o goleiro levanta a taça no Corinthians. Estou muito feliz, pelo título na arena, o mais importante a gente conseguiu: o título”, comentou o goleiro nos gramados da Arena em Itaquera, palco da decisão.

A fala antes do gesto simbólico, no entanto, contou com um gafe de Cássio. O goleiro acabou esquecendo Ronaldo Giovanelli, ídolo da Fiel, fora capitão e também responsável por receber a taça do título do Corinthians no Paulistão de 1997.

Momentos antes de ter a taça do Paulistão da temporada em suas mãos, Cássio não escondeu a ansiedade com a oportunidade. “Estou um pouco nervoso. Mas acho que é mais feliz, a alegria de ter feito o trabalho bem feito. Foram jogos de maior respeito as duas equipes e foi merecedor desse título”, completou.

Camisa 12 do Timão, Cássio é o segundo jogador com maior tempo de casa no clube. Após a conquista, o jogador fez questão de enumerar as principais qualidade da equipe de Fábio Carille, que chegou ao título do Paulistão após um início de temporada rodeado por críticas e desconfianças sobre o grupo.

“Muito feliz por ganhar esse título. Título a gente não mede, título é título. A gente sai muito feliz por conquista, por esse objetivo. Vida é assim. Lógico que não queremos tomar gol, queremos sempre ganhar, as críticas são construtivas, consigo absorver. Tive o apoio da minha família, da minha mulher, dos jogadores, do pessoal do Corinthians. Muito feliz por conquistar esse título. Espero conquistar mais”, finalizou Cássio.

Veja mais em: Cássio e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Corinthians jogou bem, mas não conseguiu sair vitorioso neste domingo

    Corinthians sofre gol impedido, reage no segundo tempo e fica no empate com o Internacional

    ver detalhes
  • Corinthians de Jair Ventura está em oitavo lugar no Brasileirão

    Corinthians 'volta uma casa' na classificação do Brasileirão, mas diminui distância para o G6

    ver detalhes
  • Danilo Avelar foi eleito o pior corinthiano em campo pela Fiel

    Novidade de Jair Ventura é enaltecida pela Fiel; lateral rouba cena e é eleito pior em campo

    ver detalhes
  • Mateus Vital fez bom jogo diante do Internacional neste domingo

    Análise: Corinthians reage após gol impedido e consegue empate contra o Internacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes