Vitória contra a Universidad de Chile faz Corinthians quebrar tabu de 21 anos

Vitória contra a Universidad de Chile faz Corinthians quebrar tabu de 21 anos

65 mil visualizações 99 comentários Comunicar erro

Corinthians venceu a Universidad de Chile por 2 a 1 na noite desta quarta-feira

Corinthians venceu a Universidad de Chile por 2 a 1 na noite desta quarta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

A classificação do Corinthians na segunda fase da Copa Sul-Americana, na noite desta quarta-feira, foi histórica para o time do Parque São Jorge. Com a vitória de 2 a 1 sobre a Universidade de Chile, no estádio Nacional, em Santiago, a equipe do técnico Fábio Carille quebrou um tabu de 21 anos sem vencer times estrangeiros fora de casa em mata-mata.

Levando em conta todas as disputas do continente, incluindo as que não existem mais - Copa Mercosul, Copa Conmebol, Libertadores da América e Copa Sul-Americana -, o Corinthians não vencia em duelos eliminatórios longe do solo brasileiro desde 1996. O último triunfo do Timão foi diante do Espoli, no Equador, no dia 1º de maio daquele ano.

Na ocasião, a equipe alvinegra entrou em campo no Estádio Olímpico Atahualpa, para a disputa da partida de ida das oitavas de final da Libertadores de 1996. Contando com jogadores como Marcelinho Carioca, Ronaldo Giovanelli, Zé Elias e Edmundo em seu elenco, o Corinthians venceu os equatorianos por 3 a 1. Após aquele jogo, o avião da delegação derrapou na pista do Aeroporto Internacional Mariscal Sucre – a 40 km da capital Quito– e caiu de bico na avenida adjacente.

Entre os gols do Timão, apenas um veio de pés corinthianos. Depois de um tento equatoriano aos dois minutos do primeiro tempo, o zagueiro Cris empatou para o Corinthians. A vitória foi garantida com dois gols contra dos adversários. A classificação para as quartas de final da Libertadores foi garantida no confronto de volta, no Pacaembu, com um triunfo alvinegro por 2 a 0 – com gols de Tupãzinho e Marcelinho Carioca.

Todas as outras vitórias do Corinthians fora de casa após 1996, independentemente da competição sul-americana, foram na fase de grupo e/ou diante de brasileiros nos mata-matas. Nem mesmo na campanha invicta da Libertadores 2012, por exemplo, aquela equipe de Tite conseguiu. Empatou sem gols com o Emelec no Equador nas oitavas e por 1 a 1 com o Boca Juniors na decisão - Vasco e Santos foram os outros rivais.

Agora, em 2017, o Corinthians garantiu a classificação para a Sul-Americana da temporada com uma ampla vantagem sobre os chilenos, já que a equipe entrou em campo com uma vitória de 2 a 0 no confronto de ida. A vaga no torneio continental foi garantida, nesta quarta-feira, com gols dos meio-campistas Rodriguinho e Jadson.

Veja mais em: Copa Sul-Americana e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Léo Príncipe esteve perto de acertar com Vitória de Setúbal, de Portugal

    Portugueses desistem de empréstimo e adiam saída de Léo Príncipe do Corinthians

    ver detalhes
  • Marcello Deverlan (à esq.) durante treino com profissionais no CT Joaquim Grava

    De contrato renovado, zagueiro da base do Corinthians obtém cidadania portuguesa

    ver detalhes
  • Danilo Avelar realizou exames na tarde desta terça-feira em São Paulo

    Danilo Avelar é aprovado em exames e já fala como reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians, da capitã Grazi, venceu mais uma no Brasileirão

    Em jogo com viradas e oito gols, Corinthians vence Ferroviária em Araraquara

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes