Viagem de Alessandro causa desconforto no Corinthians, diz jornalista

Viagem de Alessandro causa desconforto no Corinthians, diz jornalista

Por Meu Timão

199 mil visualizações 214 comentários Comunicar erro

Alessandro (à esq.) tem a missão de fechar reforços para Fábio Carille

Alessandro (à esq.) tem a missão de fechar reforços para Fábio Carille

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Braço direito do presidente Roberto de Andrade e responsável por fechar contratações no Corinthians, o gerente de futebol Alessandro Nunes viajou na última semana à Disney, nos Estados Unidos, para curtir um breve período de recesso. A ausência do dirigente, porém, causou desconforto internamente no clube por se tratar de um momento de grande importância em relação ao mercado de negociações. A informação é do jornalista Jorge Nicola, da Rádio Bandeirantes.

A viagem de Alessandro foi alvo de críticas de demais dirigentes e até membros da comissão técnica do Timão. Durante o período em que o gerente permaneceu nos Estados Unidos, o clube acertou a chegada do atacante Clayson, ex-Ponte Preta, e deu novo passo pela contratação do lateral-direito Cicinho, que tenta sua transferência por empréstimo do Ludogorets, da Bulgária.

O Corinthians também esperava sacramentar a compra em definitivo do zagueiro Pablo ao longo da semana passada. De acordo com o jornalista, o passeio do ex-lateral-direito atrasou as tratativas da direção corinthiana com o Bordeaux, dono dos direitos econômicos do camisa 3.

Há, também, o entendimento de que o clube poderia ter avançado nas negociações com o zagueiro Anderson Martins, de 29 anos, que deve se desligar do El Jaish, do Catar, nos próximos dias e acertar seu retorno ao futebol brasileiro. Em entrevista coletiva no sábado, no CT Joaquim Grava, o técnico Fábio Carille confirmou o interesse do Corinthians em contar com o jogador outra vez – Anderson defendeu a camisa alvinegra em 2014, por empréstimo.

“Não foi um pedido meu, mas ele interessa muito. Chegou a informação de que estaria saindo do futebol árabe. Se isso acontecer, o Corinthians vai atrás”, pontuou Carille.

Desde que assumiu a gerência do futebol do Corinthians, em junho de 2016, Alessandro precisou conviver com diversas críticas internas sobre seu trabalho. Ao fim da temporada, quando Roberto de Andrade se tornou em réu em processo de impeachment, o ex-jogador passou a ser “fritado” no Parque São Jorge, mas permaneceu à frente do departamento do Timão.

Veja mais em: Contratações do Corinthians, Alessandro, Diretoria do Corinthians, Impeachment, Mercado da bola e Clayson.

Veja Mais:

  • Corinthians e São José voltam a se enfrentar pelas finais da Liga Ouro nesta segunda

    Corinthians joga nesta segunda no Parque São Jorge para se reabilitar nas finais da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Thiaguinho é um dos mais cotados a substituir Maycon no Corinthians

    Emprestados, contratação e opções no elenco: a 'volância' do Corinthians pós-Maycon

    ver detalhes
  • Ralf marcou o gol do Corinthians no empate de 1 a 1 contra o Deportivo Táchira

    Corinthians e Libertadores-2012 animam internautas após tropeço do Brasil na estreia da Copa

    ver detalhes
  • Maycon assinou com o clube ucraniano e já posou para fotos com a nova camisa que defenderá

    Maycon deixa Corinthians e assina contrato de cinco anos com Shakhtar Donetsk

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes