Campeão nacional, Corinthians/Americana chega ao fim, diz jornal

Campeão nacional, Corinthians/Americana chega ao fim, diz jornal

Por Meu Timão

51 mil visualizações 69 comentários Comunicar erro

Corinthians/Americana pode não voltar a quadra no segundo semestre

Corinthians/Americana pode não voltar a quadra no segundo semestre

Foto: João Pires/LBF

Enquanto se prepara para entrar no cenário do voleibol masculino nacional, o Corinthians caminha para a extinção de sua equipe de basquete feminino. A nova diretoria do basquete de Americana rompeu a parceria que detinha com o Corinthians desde agosto de 2015. A informação é do jornal O Liberal.

De acordo com a publicação, o fim do ciclo se deu na última sexta-feira, quando o novo gestor da equipe do interior paulista, Antônio Carlos Vendramini – treinador do elenco nas últimas temporadas –, assinou o distrato do vínculo em reunião no Parque São Jorge, sede social do clube da capital paulista.

Vendramini exige compensação financeira do Corinthians caso os paulistanos queiram seguir com a parceria vencedora. A ideia é que, a partir de agora, o Timão também arque com salários das atletas e demais despesas relativas à modalidade, incluindo alimentação e viagens. No acordo fechado anteriormente, a agremiação alvinegra apenas “apoiava” o basquete de Americana, cedendo uniformes fabricados pela Nike e a “marca Corinthians”.

O declínio do negócio entre Americana e Corinthians foi impulsionado pela saída de Ricardo Molina do cargo de diretor da equipe do interior. Homem forte por trás da modalidade, ele assumiu a presidência da Liga de Basquete Feminino, principal torneio do Brasil, em abril. Depois do título brasileiro do Corinthians/Americana, há cerca de três semanas, o dirigente procurou a alta cúpula alvinegra a fim de assinar o distrato.

Cabe ressaltar, segundo o jornal, que o rompimento é visto como uma “rescisão temporária” pelo Corinthians. Isso porque os campeonatos costumeiramente disputados no segundo semestre do ano (Campeonato Paulista e Liga Sul-Americana) ainda não foram confirmados. A próxima edição da LBF, por sua vez, tem início previsto para janeiro.

Quanto a Vendramini, o técnico ainda não decidiu se exercerá dupla função à frente do basquete americanense. O treinador, porém, conta com a ajuda de Karla Costa, atleta da equipe e empresária, para administrar a equipe.

Em menos de duas temporadas, o Corinthians/Americana foi campeão paulista, sul-americano e, como dito acima, brasileiro.

Veja mais em: Basquete e Vôlei do Corinthians.

Veja Mais:

  • Fagner atuou durante os 90 minutos do jogo entre Brasil e Costa Rica

    Fagner joga, defesa passa ilesa, e Brasil vence Costa Rica pela Copa do Mundo

    ver detalhes
  • Fagner faz parte da delegação canarinha que busca o hexa na Rússia

    Até rivais se rendem, e Fagner é elogiado após estreia em Copas do Mundo; veja repercussão

    ver detalhes
  • Fagner e Tite trabalharam juntos no Corinthians em 2015 e 2016

    Fagner ou Danilo? Corinthiano leva vantagem nas estatísticas defensivas e ofensivas na Copa

    ver detalhes
  • Corinthians e São José disputam o título da Liga Ouro de 2018

    Em vantagem na série final, Corinthians visita São José valendo título da Liga Ouro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Noel

    Ranking: 768º

    Noel 1066 comentários

    por @hexanoel

    Segundo esse relato acima não acho injusto que o Corinthians arque com pelo menos metade dessas despesas citadas, pois para uma equipe do interior arcar com todos os custos citados deve ser por demais oneroso. Acredito que devem se reunir e buscar uma solução que seja boa para ambas as equipes, se isso acontecer todos saem ganhando inclusive o basquete feminino brasileiro. Agora só nos resta torcer e aguardar o que será feito.

  • Foto do perfil de Paulo

    Ranking: 179º

    Paulo 3081 comentários

    por @paulaopaulao

    O Corinthians tem história no basquete feminino e masculino. Deixar que isso se acabe não faz nenhum sentido pois o basquete não significa nem 1% do orçamento anual do futebol! Diretoria, vamos colaborar!

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Roberto

    Ranking: 235º

    Roberto 2649 comentários

    69º. por @roberto.dias4

    Entendo e concordo com o que você disse, mas acho que c for optar por montar um outro time, que pare com essas parcerias que você joga por outra cidade.

    Foto do perfil de CLEVERSON

    CLEVERSON 37 comentários

    24/05/2017 às 13h18 por @cleversonam

    Na moral, sabemos que o Corinthians é odiado por todos, se colocasse o Corinthians como patrocinador de qualquer esporte ia ter os "antis" que ia pirar e insultar mesmo, independente de cidade ou qualquer coisa, apenas pelo fato de ser Corinthians, tem muita gente que esquece o espirito esportivo para criticar apenas o time rival.
    O Basquete Feminino de Americana é sem dúvida muito e realmente é uma pena essa "parceria" acabar.
    O povo de Americana adora e prestigiou muito os jogos em casa e o desfile foi feito em carro aberto pela cidade justamente pelo orgulho que a cidade tem do time tanto que a jogadora Karla recebeu o título de cidadã Americanese, claro que no meio tem gente que não vê o time de basquete de Americana, só vê o Corinthians e ai acontece o que vocês viram na TV

  • Foto do perfil de Paulo

    Ranking: 179º

    Paulo 3081 comentários

    68º. por @paulaopaulao

    Verdade! Então que de autonomia para os outros esportes serem auto sustentáveis!

    Foto do perfil de All

    All 2736 comentários

    23/05/2017 às 22h30 por @all.colatra

    Entendo o seu ponto de vista, mas você pega o futebol que já tem dificuldades financeiras, ai tira 1% para o Basquete Feminino, ai vai mais 1% para o Basquete Masculino, ai vai mais uns 2% para o Futsal, mais um pouco para o Volley que esta iniciando, mais um pouco para a natação, onde vai parar essa conta? Gosto bastante e sou totalmente a favor que o Corinthians tenha outros esportes, principalmente os mais tradicionais, mas tem que achar uma forma deles de pagar sozinho, e é com parcerias, com patrocinadores, e com muita criatividade.
    Abraço

  • Foto do perfil de CLEVERSON

    Cleverson 37 comentários

    67º. por @cleversonam

    Na moral, sabemos que o Corinthians é odiado por todos, se colocasse o Corinthians como patrocinador de qualquer esporte ia ter os "antis" que ia pirar e insultar mesmo, independente de cidade ou qualquer coisa, apenas pelo fato de ser Corinthians, tem muita gente que esquece o espirito esportivo para criticar apenas o time rival.
    O Basquete Feminino de Americana é sem dúvida muito e realmente é uma pena essa "parceria" acabar.
    O povo de Americana adora e prestigiou muito os jogos em casa e o desfile foi feito em carro aberto pela cidade justamente pelo orgulho que a cidade tem do time tanto que a jogadora Karla recebeu o título de cidadã Americanese, claro que no meio tem gente que não vê o time de basquete de Americana, só vê o Corinthians e ai acontece o que vocês viram na TV

    Foto do perfil de Roberto

    Roberto 2649 comentários

    23/05/2017 às 19h59 por @roberto.dias4

    Concordo! As minas foram campeãs e foram desfilar em carro aberto em americana, sendo que lá elas não são bem recebidas tipo "wtf" kkkkkkkkk c for retomar o projeto o negócio tem que ser como você falou.

  • Foto do perfil de Noel

    Ranking: 768º

    Noel 1066 comentários

    66º. por @hexanoel

    Uma pena mesmo! Valeu João

  • Foto do perfil de Vitor

    Ranking: 400º

    Vitor 1792 comentários

    65º. por @kafka

    Há muito tempo o Corinthians deveria ter montado um time basquete MASCULINO... Tem mais mídia, mais visibilidade com o NBB... O Guerrinha já esteve tentando mas não foi atendido...

  • Foto do perfil de Thiago

    Ranking: 425º

    Thiago 1714 comentários

    64º. por @thithi11

    Parceria tem que continuar, ainda mais vencedora como essa e a reivindicação da diretoria de Americana me parece muito justo, fora que o investimento não chega nem perto por exemplo de somente um jogador dos profissionais, e não é no ano não, e sim apenas um salário mensal! Vamos apoiar diretoria!

  • Foto do perfil de thiago

    Ranking: 152º

    Thiago 3401 comentários

    63º. por @thiago000

    Perfeito que continuem sendo americana então e o Corinthians seja o Corinthians, eu vi ao vivo algumas partidas e pude comprovar "in loco" vaias da torcida local quando se cantava canticos do Corinthians como bando de loucos, ou corinthiano maloqueiro e sofredor graças a deus.
    a torcida pode até ter outros times como você disse mais vaiar um parceiro alguém que tá colocando dinheiro elevando a qualidade técnica do time não faz o menor sentido o Corinthians não precisa disso e acho que americana como você diz também não então a melhor solução foi a separação que americana continue sendo americana e o Corinthians se junte com quem tenha orgulho de ser Corinthians!

    Foto do perfil de Adriano

    Adriano 2 comentários

    24/05/2017 às 04h37 por @adriano.martins16

    Pra vocês entenderem antes mesmo de se tornar Corinthians o nome AMERICANA já existia o basquete AMERICANA já existia e sempre vai existir, a torcida a grande maioria torcia para outros times como Santos São Paulo e Palmeiras mas mesmo assim estavam na torcida, gritavam e pulava, o nome AMERICANA prevalece.

  • Foto do perfil de All

    Ranking: 223º

    All 2736 comentários

    62º. por @all.colatra

    Só que sem a visibilidade e a mídia do nome CORINTHIANS...
    Mas parceria é isso ai mesmo, enquanto tá bom para os 2 lados ótimo, quando uma das partes já acha que não esta tendo tanto benefício é hora de acertar as coisas ou acabar de vez, é vida que segue.

    Foto do perfil de Adriano

    Adriano 2 comentários

    24/05/2017 às 04h37 por @adriano.martins16

    Pra vocês entenderem antes mesmo de se tornar Corinthians o nome AMERICANA já existia o basquete AMERICANA já existia e sempre vai existir, a torcida a grande maioria torcia para outros times como Santos São Paulo e Palmeiras mas mesmo assim estavam na torcida, gritavam e pulava, o nome AMERICANA prevalece.

  • Foto do perfil de Roberto

    Ranking: 1534º

    Roberto 605 comentários

    61º. por @farina1977

    Diretoria fraca é isso.
    Esse time de volei que tem a liderança do Serginho também possui uma parceria com a prefeitura de Guarulhos. Sem isso não existiria.
    Minha esperança é no início de 2018, entrar alguém com competência suficiente para mudar tudo isso, e retornar o Corinthians à liderança no Brasil, em termos administrativos e, consequentemente, no futebol, futsal, basquete, volei, etc
    Não é tão difícil, o Corinthians é maior força da maior cidade da América Latina.

  • Foto do perfil de ANDRE

    Ranking: 955º

    Andre 892 comentários

    60º. por @aruiz

    Esse gasto com basquete não atrapalha em nada o futebol. Se for claro bem organizado e administrado o dinheiro. Na verdade a marca Corinthians com certeza arrumaria patrocinadores para a equipe, sem sair grana do clube.