Campeão mundial vibra com oportunidade no vôlei do Corinthians: 'Não vou esquecer jamais'

Campeão mundial vibra com oportunidade no vôlei do Corinthians: 'Não vou esquecer jamais'

Por Meu Timão

4.1 mil visualizações 30 comentários Comunicar erro

Sidão deve ser anunciado pelo Corinthians-Guarulhos nos próximos dias

Sidão deve ser anunciado pelo Corinthians-Guarulhos nos próximos dias

Foto: Divulgação/CBF

Além do líbero Serginho, ao menos outro jogador tem acordo para defender o Corinthians-Guarulhos, equipe de voleibol profissional anunciada pelo clube paulista nesta terça-feira: o central Sidão, campeão mundial em 2010 e vice nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Torcedor declarado do Timão, o jogador de 34 anos comemorou a oportunidade dada a ele pelo amigo Serginho, ex-companheiro de Sesi.

“Fazer parte desse projeto é maravilhoso. Estou começando de novo praticamente. Não parei em nenhum momento com todo o planejamento porque quero chegar bem. O meu primeiro objetivo é voltar a jogar e é ainda mais gratificante atuar no time de coração. Aumenta em mil por cento a minha motivação. Estou correndo atrás já. Não quero decepcionar ninguém”, disse Sidão, em entrevista ao portal Gazeta Esportiva.

O central está há oito meses sem atuar por conta de uma cirurgia no ombro direito, razão pela qual se desligou do Sesi. Experiente, ele prosseguiu com as sessões de fisioterapia e, com o contrato assinado com o Corinthians-Guarulhos, pretende participar da pré-temporada do time, marcada para o mês que vem.

“Querendo ou não é a realização de um sonho. A minha família toda é corinthiana, por parte de mãe. O Serginho sempre falava comigo sobre esse sonho e eu dizia que queria estar junto porque quero vivenciar e sentir na pele como é estar jogando e ouvir a Gaviões e a Camisa 9 (12). São coisas que ficam marcadas para sempre”, admitiu Sidão, que também agradeceu o treinador Alexandre Stanzioni por estar nos planos do Corinthians.

“É maravilhoso ter sido lembrado porque estou há duas Superligas sem jogar. Liguei para o Serginho e agradeci. Em momento nenhum pensei em dizer não. O técnico será o Alexandre Stanzioni, que foi o meu preparador físico quando eu comecei, com 13, 14 anos. O que eles estão fazendo por mim, não vou esquecer jamais”.

A ideia do clube e de Serginho é formar um elenco competitivo a tempo da Taça de Ouro, competição que garante ao vencedor passaporte para a Superliga, principal campeonato da modalidade no país. O vôlei alvinegro terá sede em Guarulhos, na Grande São Paulo.

“O Corinthians é uma marca muito forte e vai fazer muito bem para o voleibol. O vôlei só tem a ganhar. Quanto mais times, melhor para o esporte. Ainda mais um time com o nome do Corinthians. Temos que começar com tudo”, concluiu.

Veja mais em: Vôlei do Corinthians.

Veja Mais:

  • Em baixa na Alemanha, Jonathas volta à pauta do Corinthians, que busca empréstimo

    Corinthians volta a ter interesse no centroavante Jonathas

    ver detalhes
  • Lateral do Corinthians, Fagner será titular contra a Costa Rica

    Fagner ganha chance e será titular da Seleção Brasileira contra a Costa Rica

    ver detalhes
  • Jadson é vice-artilheiro do Corinthians em 2018, atrás apenas de Rodriguinho

    Corinthians e Jadson estão próximos de negociar renovação contratual

    ver detalhes
  • Corinthians venceu São José em partida épica na última quarta-feira

    Final épica de basquete entre Corinthians e São José iguala recorde de 1951 da NBA

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes