Com reunião agendada na Itália, pai de Castán não descarta retorno do zagueiro ao Corinthians

Com reunião agendada na Itália, pai de Castán não descarta retorno do zagueiro ao Corinthians

Por Meu Timão

99 mil visualizações 179 comentários Comunicar erro

Castán pertence á Roma, mas jogou a última temporada pelo Torino, também da Itália

Castán pertence á Roma, mas jogou a última temporada pelo Torino, também da Itália

Foto: Toro.it

Enquanto o Corinthians não descarta a possibilidade de investir em Leandro Castán, o estafe do zagueiro da Roma vê com bons olhos a volta do jogador ao Parque São Jorge no momento. Responsável por cuidar da carreira do defensor, Marcelo Castán, pai de Leandro, trata o possível retorno do filho ao Brasil como viável.

Marcelo possui encontro com dirigentes do clube italiano na próxima semana. De acordo com o empresário, o zagueiro não pretende ser emprestado novamente e, caso a Roma não queira contar com o beque brasileiro na temporada 2017-18, o Corinthians passa a ser sua primeira opção.

“Eu não vou descartar uma volta (ao Corinthians) agora”, disse Marcelo Castán, em entrevista ao blog do Jorge Nicola. “Tenho uma reunião marcada no dia 6 de junho com a Roma. Estou indo lá para ver o que eles querem. A primeira alternativa caso ele não permaneça na Roma é voltar para o Corinthians”, confirmou o agente.

Campeão brasileiro (2011) e da Libertadores com o Timão, Castán, hoje com 30 anos, defendeu o Torino ao longo do último ano. O jogador chegou a iniciar a temporada como titular, mas acabou prejudicado por lesões musculares. Ele tem contrato com a Roma até junho de 2019.

Leia também: Com 50% dos votos, zagueiro é escolhido pela Fiel entre os especulados no Corinthians

“Se a Roma disser que o Leandro faz parte dos planos, ele vai continuar lá. O que a gente não vai querer é sair por empréstimo mais uma vez. Aí, neste caso, vamos sentar para conversar com o Corinthians para quem sabe até acertar alguma coisa em definitivo”, prometeu Marcelo, negando que a condição de reserva do filho no Torino estivesse relacionada à cirurgia realizada pelo jogador em dezembro de 2014, quando retirou um cavernoma – malformação vascular do sistema nervoso central.

“Ele teve problemas musculares durante o inverno, que é bem rigoroso em Turim. Mas não tem nada a ver com a cirurgia na cabeça. Aquilo está completamente superado”, concluiu.

A diretoria do Corinthians trabalha pela contratação de um zagueiro desde o mês passado. Anderson Martins, de saída do Al Jaish, do Catar, chegou a ser prioridade, mas o clube já considera como “remota” a chance de o atleta voltar ao clube agora. Já sobre Leandro Castán, o diretor de futebol Flávio Adauto mantém o discurso de que “não descartaria” o ex-camisa 4, embora garanta não haver negociação.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians, Mercado da bola, Diretoria do Corinthians e Flávio Adauto.

Veja Mais:

  • Jonathas volta a ser problema para o Corinthians

    Jonathas tem lesão constatada, não joga no domingo e vira dúvida para semi da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Média de público pagante da Arena Corinthians na atual temporada é de pouco mais de 30 mil

    Arena Corinthians se aproxima de marca de 400 mil assentos vazios na temporada 2018

    ver detalhes
  • Presente na Copa do Mundo, Cássio mantém regularidade no Corinthians e pode ser lembrado por Tite

    Com possibilidade de corinthianos, Tite convoca Seleção Brasileira nesta sexta-feira

    ver detalhes
  • Jonathas passou por ressonância magnética em clínica de São Paulo nesta quinta à tarde

    Jonathas é submetido a exame fora do CT e vira dúvida no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes