Turcos voltam a sondar Rodriguinho, e Corinthians aposta em dois motivos por permanência

Turcos voltam a sondar Rodriguinho, e Corinthians aposta em dois motivos por permanência

149 mil visualizações 294 comentários Comunicar erro

Rodriguinho vem sendo o destaque do time desde o segundo semestre do ano passado

Rodriguinho vem sendo o destaque do time desde o segundo semestre do ano passado

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Engana-se quem pensa que o Fenerbahçe desistiu de contratar Rodriguinho. A reportagem do Meu Timão apurou que o clube turco enviou um representante ao Brasil nas últimas semanas para acompanhar in loco o meia-atacante do Corinthians, e o entusiasmo ficou ainda maior do que era em janeiro, quando o Timão se negou a liberá-lo. Novas conversas voltaram a acontecer nos bastidores.

Os dirigentes do Corinthians estão cientes dessa nova carga do gigante turco, mas se dizem tranquilos depois da renovação contratual que estendeu seu vínculo até 31 de dezembro de 2019, principalmente pela melhora em seu salário. Em janeiro, a oferta do Fenerbahçe - R$ 800 mil por mês, além de luvas acima de R$ 2 milhões -, era muito acima dos seus vencimentos, algo que mexeu com o jogador, de 29 anos. Neste momento, após a renovação, a diferença passou a não ser tão abissal.

A reportagem do Meu Timão apurou também que a recente convocação para a Seleção Brasileira jogará a favor do Corinthians. Rodriguinho está obcecado em se manter ao lado dos comandados de Tite até a Copa do Mundo. O camisa 26 do Timão colocou na cabeça que, a um ano do Mundial, a possibilidade de ir à Rússia é real se mantiver o bom momento que vive no clube - nove gols em apenas quatro meses do ano.

Em tempo: para tirá-lo do Parque São Jorge, o clube turco estaria disposto a aumentar a oferta de 4 milhões de euros (cerca de R$ 14 milhões) feita no início da temporada. Na ocasião, a diretoria do Corinthians rechaçou o valor. Uma decisão tomada, entre outros motivos, por ter apenas 50% dos direitos econômicos - restante pertence a Capivariano (40%) e América-MG (10%).

Caso resolvesse aceitar a oferta de 4 milhões de euros (cerca de R$ 14 milhões), o Timão ficaria apenas com R$ 7 milhões. Um valor pouco superior ao que pagou por seus direitos em 2013 do América-MG, por R$ 4 milhões.

Veja mais em: Rodriguinho e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians jogou boa parte da temporada sem estampa no espaço principal do uniforme

    Otimismo do Corinthians com patrocínio contrasta com fracasso inédito desde era Kalunga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes