Santista, ministro do STF parabeniza Corinthians por clássico 'difícil' na Arena

Santista, ministro do STF parabeniza Corinthians por clássico 'difícil' na Arena

8.8 mil visualizações 105 comentários Comunicar erro

O Corinthians fez valer o retrospecto positivo em clássicos neste sábado. Mais de 40 mil pessoas viram o Timão bater o Santos por 2 a 0 em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Depois do embate, Gilmar Mendes, ministro do Superior Tribunal Federal (STF), fez questão de reconhecer a partida corinthiana e parabenizar os comandados de Fábio Carille pelo Twitter. Confira abaixo.

Também presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes não esconde sua torcida pelo rival. Neste sábado, inclusive, publicou mensagem de apoio ao Santos minutos antes da bola rolar. Apesar disso, de nada adiantou a torcida do político.

Os gols de Romero e Jô coroaram a boa atuação do Corinthians, que teve a meta pouco ameaçada pelos rivais e saiu vitorioso de campo, mantendo o tabu de nunca ter tomado gol do Santos em partidas pelo Campeonato Brasileiro na Arena Corinthians.

Com a vitória, o Corinthians chegou a dez pontos no Brasileirão e ocupa, pelo menos até o fim deste domingo, a liderança da competição.

Confira a mensagem do ministro parabenizando o Corinthians

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Castán deixou o Corinthians após a conquista da Libertadores em 2012

    Corinthians pode selar retorno de Castán em reunião nesta segunda-feira

    ver detalhes
  • Parque São Jorge abriga jogos e até reunião do Conselho Deliberativo nesta semana

    Decisão no Sub-20, reunião do Conselho e jornada dupla do vôlei: a semana do Corinthians

    ver detalhes
  • Tem clássico! Timão e São Paulo decidem na terça vaga à semifinal da Copa RS

    Corinthians faz clássico contra São Paulo nas quartas da Copa RS

    ver detalhes
  • Rosenberg chamou Leila Pereira de 'imperadora' do Palmeiras e ironizou Allianz: 'Pneu deitado'

    Diretor do Corinthians ironiza Palmeiras e diz que 'Fiel não aceitaria imperadora'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes