Dez motivos que dão orgulho ao torcedor do Corinthians após 30 jogos na temporada

Dez motivos que dão orgulho ao torcedor do Corinthians após 30 jogos na temporada

53 mil visualizações 97 comentários Comunicar erro

O público de mais de 40 mil pagantes na Arena Corinthians no último sábado não foi por acaso. Os torcedores estiveram em Itaquera porque, entre outros motivos, se identificam com essa equipe. Uma identificação iniciada no Dérbi da primeira fase do Paulistão, com a vitória sobre o maior rival com um homem a menos, e que se intensificou jogo após jogo, semana após semana. Após 30 partidas oficiais, disputadas em quatro meses de futebol nesta temporada, o corintiano tem motivos de sobra para se orgulhar de Fábio Carille e seus comandados. O Meu Timão lista abaixo dez desses motivos. Confira:

Campeão paulista

Corinthians sagrou-se campeão paulista 2017, diante de quase 50 mil na Arena

Corinthians campeão paulista 2017, diante de quase 50 mil na Arena

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians iniciou a competição sendo apontado como apenas a quarta força entre os grandes do estado. Não havia quem apostasse na conquista do título. Havia desconfiança até mesmo interna dessa possibilidade. A equipe se acertou durante a disputa, foi praticamente perfeita nos mata-matas e aumentou a supremacia estadual, ao conquistar seu 28º título.

Invicto contra os rivais

Em seis clássicos, a equipe venceu quatro e empatou dois

Em seis clássicos, a equipe venceu quatro e empatou dois

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Treinadores e jogadores costumam dizer que clássicos são campeonatos à parte, tamanha a importância de vencer seus maiores rivais. E o Corinthians, até agora, faz uma temporada de encher os olhos. Em seis duelos diante de Palmeiras, São Paulo e Santos, a equipe de Fábio Carille venceu quatro e empatou dois, com oito gols a favor e apenas dois contra. Passou todo o Paulistão ileso, além do triunfo no último sábado.

Jô - O Rei dos Clássicos

Jô fez seis gols em seis clássicos na temporada

Jô fez seis gols em seis clássicos na temporada

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians disputou seis clássicos. E Jô marcou seis gols. Foram três contra o São Paulo, dois contra o Santos e um contra o Palmeiras - o primeiro deles. Torcedores espalham nas redes sociais montagens do centroavante de várias maneiras, sempre enaltecendo seu momento diante dos rivais. A boa fase do camisa 7 do Timão é outro motivo que deixa o torcedor alvinegro feliz da vida neste momento.

Sistema defensivo

Sistema defensivo do Timão é destaque durante todo o ano

Sistema defensivo do Timão é destaque durante todo o ano

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Após momentos conturbados sob os comandos de Cristóvão e Oswaldo, a defesa do Corinthians voltou a ser a fortaleza que o torcedor se acostumou nas mãos de Mano Menezes e Tite. Com apenas 11 gols tomados em 18 jogos, o Timão fechou o Paulistão com a melhor defesa. O mesmo acontece agora no Campeonato Brasileiro, com apenas um gol tomado em quatro jogos (Chapecoense idem). Em 33 jogos na temporada - 30 oficiais, dois da Florida Cup e um amistoso -, a equipe não foi vazada em 18.

17 partidas sem derrota

Corinthians não perde desde março, ainda na primeira fase do Paulista

Corinthians não perde desde março, ainda na primeira fase do Paulista

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A última vez que o Corinthians deixou o gramado derrotado foi no dia 19 de março, diante da Ferroviária, ainda na primeira fase do Paulistão (1 a 0). De lá para cá, a equipe de Fábio Carille disputou 17 jogos, com nove vitórias e oito empates. Tal invencibilidade foi conquistada mesmo diante de três competições (Paulista, Copa do Brasil e Sul-Americana) e diversos mata-matas.

Baixo número de cartões

Gabriel quase não toma mais cartões amarelos

Gabriel quase não toma mais cartões amarelos

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians chega a 30 jogos oficiais na temporada sem nenhum cartão vermelho - único foi retirado pelo TJD-SP pelo erro do árbitro Thiago Duarte Peixoto, que advertiu o volante Gabriel de forma equivocada. Além disso, a média de cartões amarelos da equipe é baixa, apenas dois por jogo. Em entrevista coletiva, Carille falou em orgulho de saber esses números. Gabriel, por sua vez, lembrou que a organização tática é que leva a isso. Vale lembrar que Kazim, na Florida Cup, levou o único vermelho no ano.

Liderança no Brasileirão

Jô marcou na estreia do Brasileiro, contra a Chapecoense

Jô marcou na estreia do Brasileiro, contra a Chapecoense

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ainda restam 34 rodadas para o término do Brasileirão, mas o início do Corinthians é de alto nível. Dos 12 pontos disputados, conquistou dez - triunfos sobre Vitória, Atlético-GO e Santos, além do empate com a Chapecoense. A equipe de Santa Catarina, aliás, divide a liderança da competição com o Timão, com um gol marcado a mais.

Jovens promovidos da base

Jovens da base em ótimo número no atual elenco do Corinthians

Jovens da base em ótimo número no atual elenco do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A torcida sempre cobrou uma presença maior da base na equipe profissional. E é exatamente isso que acontece nesta temporada. Devido à situação financeira não ser das melhores, o Corinthians apostou em jovens. Arana e Maycon se tornaram titulares absolutos, Léo Jabá, Pedro Henrique, Léo Príncipe, Pedrinho e Léo Santos entraram com uma certa frequência. Isso sem falar nos goleiros que são reservas de Cássio (Matheus Vidotto e Caíque França) e de outros que aguardam chance, como Rodrigo Figueiredo, Carlinhos, Marciel, Mantuan e Warian.

Vontade nos 90 minutos

Romero representa a vontade demonstrada pela equipe em 2017

Romero representa a vontade demonstrada pela equipe em 2017

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ao contrário do que aconteceu em boa parte do segundo turno do Brasileirão do ano passado, a atual equipe demonstra uma força de vontade tremenda nas partidas. Os jogadores têm se dedicado os 90 minutos, mesmo que falte algo na parte técnica. O preparador físico Walmir Cruz tem deixado o grupo em boas condições para executar essa disposição, mesmo quando a diferença de um compromisso para outro é pequena. Foram oito mata-matas, por exemplo, apenas no mês de abril.

Duas vitórias na Sul-Americana

Corinthians venceu as duas diante da Universidad de Chile

Corinthians venceu as duas diante da Universidad de Chile

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O sorteio não foi dos mais generosos com o Corinthians na Copa Sul-Americana. Logo na primeira fase, a equipe de Fábio Carille teve de encarar a tradicional Universidad de Chile, que já foi campeã dessa competição. E o Timão não tomou conhecimento dos chilenos, vencendo as duas partidas. Na Arena, por 2 a 0. No Chile, por 2 a 1. O sorteio para definir o próximo adversário acontece no próximo dia 14 de junho, no Paraguai.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Fábio Carille, Copa Sul-Americana, , Campeonato Paulista e História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Em baixa na Alemanha, Jonathas volta à pauta do Corinthians, que busca empréstimo

    Corinthians volta a ter interesse no centroavante Jonathas

    ver detalhes
  • Lateral do Corinthians, Fagner será titular contra a Costa Rica

    Fagner ganha chance e será titular da Seleção Brasileira contra a Costa Rica

    ver detalhes
  • Gabriel e Guilherme conversaram com o Meu Timão no Parque São Jorge

    Mãe vira-casaca, sonho inglês e até 10 a 0 na Croácia: conheça os gêmeos do Sub-17 do Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson é vice-artilheiro do Corinthians em 2018, atrás apenas de Rodriguinho

    Corinthians e Jadson estão próximos de negociar renovação contratual

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes