Clayton freia empolgação e valoriza apoio no Corinthians após falha na Copa do Brasil

Clayton freia empolgação e valoriza apoio no Corinthians após falha na Copa do Brasil

Por Meu Timão

3.3 mil visualizações 58 comentários Comunicar erro

Clayton ainda não havia balançado as redes pelo Timão; diante do Vasco, guardou dois

Clayton ainda não havia balançado as redes pelo Timão; diante do Vasco, guardou dois

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Autor de dois gols do Corinthians na vitória por 5 a 2 sobre o Vasco, Clayton quer espantar com qualquer indício de "já ganhou" no Timão, hoje primeiro colocado do Campeonato Brasileiro. Maduro, o jogador de 21 anos comemora a atuação de gala da equipe paulista em São Januário, mas sabe que se trata apenas do início de uma longa campanha. Por isso, qualquer exemplo de como as coisas podem sair dos trilhos rapidamente é bem-vindo para o ex-Atlético-MG.

"A gente vai manter o pé no chão sempre, até o final do campeonato. É muito cedo. O Inter, ano passado, com a mesma pontuação, nessa fase, acabou caindo. É muito cedo. Vamos continuar trabalhando sério, firme, com humildade, para buscar jogo a jogo a pontuação", afirmou Clayton, em participação no programa Seleção SporTV.

Considerado reserva do Corinthians, o atacante revelou um dos principais pedidos feitos por Carille nos dias que antecederam o duelo no Rio de Janeiro: que os atletas se concentrassem ao máximo ao definir jogadas, sobretudo porque o time perdeu oportunidades em excesso na vitória sobre o Santos, no último fim de semana.

"A semana inteira o Carille bateu nessa tecla, porque no último jogo tivemos 18 oportunidades e fizemos dois gols. Dessa vez, ele falou para acertar o gol, pelo menos na metade das finalizações. Acabamos concluindo muito bem. Focamos nessa parte e conseguimos um ótimo resultado", ressaltou o camisa 9.

Leia também:
Corinthians prepara mosaico para clássico contra o São Paulo
Internauta cobra pontuação de Jadson no Cartola FC e leva resposta épica do meia do Corinthians

Contratado pelo Corinthians no fim de março, Clayton também relembrou o lance que dificultou seu começo no Parque São Jorge. De acordo com o jogador, a chance perdida diante do Internacional na Arena, aos 42 minutos do segundo tempo, o fez perder confiança – ele recebeu passe de Jô na área, bateu por cima do gol e acabou apontado como um dos culpados pelo empate por 1 a 1. Nos pênaltis, os gaúchos superaram o Corinthians por 4 a 3.

"Tive um começo complicado com aquela chance perdida contra o Inter. O Carille e o grupo me deram apoio total. Parei para ver o que eu estava fazendo. Agora as coisas estão saindo naturalmente. Meus dois primeiros gols saíram e espero poder dar continuidade", concluiu.

O Corinthians volta a campo no domingo contra o São Paulo, na Arena, pelo Brasileirão. Como Romero atuou pela seleção paraguaia na quinta-feira, a tendência é o atacante Clayson ganhar nova chance na equipe titular. Clayton, por sua vez, segue como opção.

Veja mais em: Clayton, Clayson, Fábio Carille e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes
  • Corinthians de Ronaldo foi eliminado pelo Tolima em 2011 e mesmo assim Tite seguiu como técnico

    Tite/11 x Loss/18: diferenças e semelhanças entre as crises corinthianas comparadas por Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes