Marquinhos Gabriel confirma sondagens e revela motivos que o fizeram permanecer no Corinthians

Marquinhos Gabriel confirma sondagens e revela motivos que o fizeram permanecer no Corinthians

Por Meu Timão

77 mil visualizações 75 comentários Comunicar erro

Marquinhos Gabriel marcou o terceiro gol do Corinthians na vitória sobre o Bahia

Marquinhos Gabriel marcou o terceiro gol do Corinthians na vitória sobre o Bahia

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Hoje tido pelo técnico Fábio Carille como 12º jogador do Corinthians, Marquinhos Gabriel teve ao menos duas oportunidades de trocar o Timão por outras equipes da Série A do Campeonato Brasileiro. Quem confirma os bastidores do mercado da bola é próprio camisa 31.

Em entrevista concedida à ESPN, Marquinhos Gabriel confirmou duas sondagens recebidas no início da temporada: uma do Grêmio e outra do Santos.

"Teve muita conversa com o Santos, mas nada oficial que pudesse ser concretizado. Acho que o Grêmio também entrou em contato, mas eu sempre disse que gostaria de permanecer e dar a volta por cima aqui. Disse para o professor (Carille) que seria muito fácil sair daqui. Sempre acreditei em mim e meus companheiros também. Acho que minha cabeça me ajudou muito nesse momento", comentou o meia corinthiano.

No caso da investida gremista, o Corinthians barrou logo de cara e ainda tentou, na época, "empurrar" Stiven Mendoza. Nem o colombiano nem os gaúchos se interessaram pela possibilidade de negócio.

Já com relação ao Santos, houve negociação e até mesmo uma oferta de troca por parte do clube praiano envolvendo o volante Alison. O Corinthians não viu a possibilidade de negócio com bons olhos.

De acordo com Marquinhos Gabriel, o técnico Fábio Carille teve papel fundamental não apenas em sua permanência no Corinthians como também na retomada do bom futebol. "Apagado" no Timão em 2016, o meia vem ganhando destaque nas últimas semanas, seja como substituto de Rodriguinho, de Jadson ou até mesmo entrando no decorrer dos jogos.

"Acho que a conversa que eu tive com o professor foi importante para eu entender o que ele pensava e o que eu pensava também sobre o time. Existiram especulações sobre a minha permanência ou não, e ele conversou muito comigo, me ajudou. Meus colegas de elenco também foram muito importantes nessa fase", confessou.

Veja mais em: Marquinhos Gabriel e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes
  • Corinthians de Ronaldo foi eliminado pelo Tolima em 2011 e mesmo assim Tite seguiu como técnico

    Tite/11 x Loss/18: diferenças e semelhanças entre as crises corinthianas comparadas por Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes