No Brasil, Defederico relembra passagem pelo Corinthians e se diz tranquilo por críticas

No Brasil, Defederico relembra passagem pelo Corinthians e se diz tranquilo por críticas

Por Meu Timão

102 mil visualizações 80 comentários Comunicar erro

Defederico não convenceu em quase dois anos de Corinthians

Defederico não convenceu em quase dois anos de Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Fotoarena

Nos últimos anos, poucos jogadores chegaram ao Corinthians com tanta expectativa quando Matías Defederico. Apelidado de "novo Messi", o meia argentino desembarcou no Parque São Jorge em 2009 para vestir a camisa 10 da equipe. No entanto, seu rendimento passou longe do esperado. O jogador, que atualmente atua no futebol do Equador, garantiu não se importar com as críticas sofridas pelo período no Timão.

"Talvez alguém possa dizer que a camisa do Corinthians foi grande para mim, ou não era para eu jogar em um time grande, mas eu estou tranquilo porque joguei dois anos no Corinthians, o que não é pouca coisa", afirmou em entrevista ao GloboEsporte.com. O meia está no Brasil para encarar o Fluminense pela Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira, jogando pela Universidad Católica do Equador.

Presente no plantel corinthiano de 2009 a 2010, Defederico fez 40 jogos com a equipe alvinegra, marcando apenas em três oportunidades - contra Vitória, Avaí e Ceará. Sem corresponder, foi emprestado ao Independiente, da Argentina. Posteriormente, retornou ao Huracán, onde foi revelado, e passou a rodar o mundo.

"Tenho um nome que nos países onde eu vá, me conhecem, e isso também não é fácil no futebol. Por mais que digam no Brasil que talvez fracassei por não ter jogado da melhor maneira no Corinthians, não vejo tão assim", ressaltou o ex-camisa 10 do Timão.

Agora no Equador, Deferico já teve passagens por equipes dos Emirados Árabes, Turquia, Chile e Índia. O meia, no entanto, não lamenta a falta de continuidade nos times em que passou. O apelido também ficou para trás.

"Tive muitas idas e vindas na minha carreira. A verdade é que sigo desfrutando do que faço. Me importa pouco o que dizem os jornalistas, se era “Novo Messi”, se era, como dizem aqui, um “mito” e não fui. Me importa muito pouco", concluiu.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Fagner atuou durante os 90 minutos do jogo entre Brasil e Costa Rica

    Fagner joga, defesa passa ilesa, e Brasil vence Costa Rica pela Copa do Mundo

    ver detalhes
  • Fagner faz parte da delegação canarinha que busca o hexa na Rússia

    Até rivais se rendem, e Fagner é elogiado após estreia em Copas do Mundo; veja repercussão

    ver detalhes
  • Fagner e Tite trabalharam juntos no Corinthians em 2015 e 2016

    Fagner ou Danilo? Corinthiano leva vantagem nas estatísticas defensivas e ofensivas na Copa

    ver detalhes
  • Corinthians e São José se enfrentam na noite desta sexta-feira

    Possível título do Corinthians no basquete tem transmissão ao vivo na TV nesta sexta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes