Fagner analisa desgaste físico no Corinthians e afasta pressão para manter invencibilidade

Fagner analisa desgaste físico no Corinthians e afasta pressão para manter invencibilidade

1.9 mil visualizações 29 comentários Comunicar erro

Fagner analisou a preparação do Timão para o duelo contra o Botafogo, deste domingo

Fagner analisou a preparação do Timão para o duelo contra o Botafogo, deste domingo

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Entre os titulares que não foram poupados no empate de 1 a 1 diante do colombiano Patriotas, na última quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, Fagner se reapresentou com o restante do elenco no CT do Corinthians nesta sexta-feira. Admitindo cansaço após viagem de volta da Colômbia, o lateral-direito garantiu força total para o próximo confronto da equipe no Campeonato Brasileiro, deste domingo.

"Hoje é o pior dia, até por ontem ter sido a viagem, 48 horas do jogo é quando bate o cansaço. Mas até domingo a galera já estará recuperada. Quem entrar em campo vai estar 100% com certeza", confirmou Fagner em coletiva no CT Joaquim Grava, nesta sexta.

O Corinthians vem de uma “mini maratona” fora de casa. A equipe do técnico Fábio Carille venceu o Grêmio por 1 a 0 em Porto Alegre, pelo Brasileirão, no último domingo, e já seguiu rumo à Colômbia na noite da segunda-feira, para a disputa da segunda fase Sul-Americana. Mesmo com os titulares Jô, Jadson, Maycon e Guilherme Arena – que ficou no time reserva – poupados da partida contra o Patriotas, Fagner não fugiu do desgaste físico que abala o elenco.

"Você tem um alto nível de atuação contra o Grêmio, com nível de concentração alto, e depois pega viagem longa, com altitude, gramado pesado. Esse desgaste externo faz com que o nível caia um pouco. A junção dessas duas coisas aumenta o desgaste", completou o lateral-direito.

Leia também:
De férias, Felipe visita CT do Corinthians e reencontra ex-companheiros
Departamento Médico do Corinthians zera; Carille ganha mais quatro opções

Na liderança do Brasileiro, com 26 pontos, o Corinthians completou mais de 100 dias de invencibilidade com 24 partidas sem derrotas. Mesmo com o índice, Fagner garantiu o time focado no “jogo a jogo”, sem a pressão extra para manter a marca conquistada neste início de temporada.

"Quando você joga no Corinthians, sempre vai ser pressionado, sempre existirá a pressão. Números ficam para imprensa e torcedor. A gente pensa jogo a jogo. É claro que não perder é bom para a equipe, dá confiança, mas uma hora vai acontecer. A gente tenta prolongar o máximo possível (a invencibilidade). E quando perder, tem que saber que não é tudo que está perdido", disse.

O Corinthians encara o sétimo colocado Botafogo neste domingo, que conta com 15 pontos na tabela, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida, que será disputada na Arena Corinthians, acontece a partir das 16h (de Brasília) – com expectativa de casa cheia no estádio alvinegro.

Fagner reconheceu a qualidade da equipe carioca, e garantiu que a preparação do Corinthians de Fábio Carille ficará atenta a possível postura adotada pelo adversário neste final de semana. "Botafogo é uma equipe perigosa, organizada. Temos de ficar atentos às propostas que eles terão, isso nos será passado nos treinos”, finalizou.

Veja mais em: Fagner e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0 no fim do primeiro turno

    Cruzeiro só empata, Corinthians mantém posição, mas vê distância para o G6 aumentar

    ver detalhes
  • Fessin anotou o único gol do Corinthians no José Liberatti

    Com goleiro Filipe, Corinthians sai atrás, empata, mas é superado pelo Palmeiras no Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para o Grêmio, na Arena Corinthians

    Corinthians chega a 16 derrotas em 2018; falta uma para igualar pior temporada nesta década

    ver detalhes
  • Time comandado por Arthur Elias conquistou nova vitória na temporada de 2018

    Cacau sai do banco, marca golaço e dá vitória ao Corinthians feminino fora de casa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes