Fagner mira futuro no Corinthians e revela preferência pelo clube no fim da carreira

Fagner mira futuro no Corinthians e revela preferência pelo clube no fim da carreira

Fagner foi formado na base do Corinthians e voltou ao clube em 2014

Fagner foi formado na base do Corinthians e voltou ao clube em 2014

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Revelado nas categorias de base do Corinthians em 2006, o lateral-direito Fagner completou 200 jogos pelo clube na última quarta-feira. Vivendo boa fase, com direito a convocação à Seleção Brasileira do técnico Tite, o jogador garantiu estar plenamente feliz atuando pela equipe do Parque São Jorge. Contudo, não fugiu de uma possível saída em breve e revelo que pretende encerrar sua carreira no Timão – mesmo que ainda seja cedo para especulações.

"Eu me vejo muito feliz, realizado por tudo que está acontecendo na minha vida. Só tenho a agradecer as pessoas que estão ao meu lado, as pessoas que me ajudaram no começo, e sem dúvida estou realizado como um todo, no lado pessoal e profissional. Estou em casa, muito feliz, e a melhor maneira de retribuir é se dedicando e tentando melhorar”, disse Fagner em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, nesta sexta.

Leia também:
Com quarteto titular e dúvida no ataque, Corinthians inicia preparação para jogo contra Botafogo
Fagner analisa desgaste físico no Corinthians e afasta pressão para manter invencibilidade

Hoje aos 27 anos, Fagner passou por PSV Eindhoven (HOL), Vitória, Vasco da Gama e VfL Wolfsburg (ALE) antes de seu retorno ao Corinthians. Hexacampeão brasileiro com o Timão em 2015, o lateral-direito comentou sua relação com o time alvinegro e reforçou o foco no clube – afastando preocupação com o amanhã.

"É difícil falar do futuro, uma coisa que pode acontecer ou não. Eu estou feliz aqui, realizado, perto da família, fui criado no clube. Se eu pudesse escolher um clube para me aposentar, seria o Corinthians, embora seja cedo. Estou feliz, tranquilo, não fico pensando no que pode acontecer amanhã, porque isso pode prejudicar o hoje. Posso deixar de produzir e trabalhar", confirmou.

Sobre uma possível saída, Fagner não se comprometeu sobre a melhor opção entre sair no começo da temporada ou já no final. "Indo agora, por ser começo de temporada, o jogador vai pegar o começo de competição, montagem de grupo, mas não vai ter férias. Ele fica seis meses a mais em atividade. Indo no fim do ano, praticamente perde o segundo semestre da temporada europeia até se adaptar. É difícil, cada atleta e empresário tem que avaliar qual é a melhor ocasião para sair", afirmou.

Líder do Campeonato Brasileiro, com 26 pontos, o Corinthians recebe o Botafogo neste domingo, na Arena em Itaquera. A partida será realizada a partir das 16h (de Brasília), válida pela 11ª rodada da competição nacional.

Veja mais em: Fagner.

Veja Mais:

  • Pablo não deve enfrentar o Atlético Mineiro no domingo

    [Marco Bello] Pablo não deve enfrentar o Atlético Mineiro no domingo

    ver detalhes
  • Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    ver detalhes
  • Ralf ergueu troféu do hexa do Brasileirão antes de deixar Corinthians

    Ralf diz que não jogaria em rival do Corinthians, explica saída e opina sobre Gabriel

    ver detalhes
  • Pré-temporada de 2018 teve início nesta semana para jogadores do Timão

    Corinthians se antecipa, e jogadores realizam exames cardiológicos para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes