Jadson valoriza invencibilidade do Corinthians, mas prega seriedade em busca por título

Jadson valoriza invencibilidade do Corinthians, mas prega seriedade em busca por título

Por Meu Timão

Meia valoriza boa fase, mas prega seriedade

Meia valoriza boa fase, mas prega seriedade

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Embora anime a torcida e parte da imprensa, o grande período de invencibilidade do Corinthians parece não ser pesar para o elenco. O discurso tem sido um só: pensar jogo a jogo e esquecer essa marca. Apesar da tentativa de relevar o fato, Jadson admite a influência positiva da sequência sem derrotas, mas prega a importância de manter a postura em caso de revés.

"A invencibilidade é boa, atingimos 26 jogos, é bom para o grupo, mas não ficamos pensando muito nisso. Uma hora ou outra a derrota vai chegar, faz tempo que nossa equipe não tem um resultado negativo. Quando acontecer, é manter os pés no chão e não perder a confiança. O mérito é do Carille, do grupo e de toda a comissão", declarou o jogador, em coletiva concedida nesta segunda-feira.

"O pessoal aqui é tranquilo, claro que sempre tem uma brincadeira ou outra, mas todo mundo é muito pé no chão. Da mesma maneira que nossa equipe é elogiada pela invencibilidade, não podemos esquecer que tivemos desconfiança no início do ano. Então é manter a seriedade", completou.

O retrospecto quase perfeito já tem gerado alguns discursos de título conquistado, mesmo faltando 24 rodadas para o fim do Brasileirão. O comentarista Antero Greco, por exemplo, afirmou neste domingo que a Taça já tem dono. O camisa 10 alvinegro discorda.

"Campeão? Nada. Tem muito campeonato pela frente. Temos de pensar no nosso trabalho, nos nossos jogos, manter essa sequência de vitórias e deixar que os adversários pensem neles. O grupo está bem fechado, estamos focados, isso que é importante", garantiu.

Leia também:
Jadson relembra ajuda a Cássio em pênalti e pede chance para o goleiro do Corinthians na Seleção
Jadson mira primeiro Dérbi no ano e deixa empate de lado: 'Corinthians tem condições de vencer'

Além de bater a Ponte Preta por 2 a 0 neste sábado, o Timão contou com derrotas de Grêmio e Palmeiras, vistos como concorrentes diretos pela primeira colocação. Com os resultados, Carille e seus comandados abriram nove ponto para o vice-líder - maior vantagem da história nessa altura da competição. Apesar da "ajuda', Jadson faz questão de dar os méritos ao grupo.

"O comprometimento e pensamento positivo ajudam a levar às vitórias, a confiança também. Todo esse tempo com bons resultados. Esses são os pontos fundamentais. Os resultados de outros jogos estão nos ajudando a manter ou até ampliar a distância. Não acredito em sorte, o trabalho dentro de campo se reflete nos jogos", concluiu.

Veja mais em: Jadson e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Com Sócrates, Corinthians derrotou São Paulo por 3 a 1 e faturou Paulistão de 1982

    Camisa do Timão utilizada na Democracia Corinthiana entra em top 50 de revista inglesa

    ver detalhes
  • Danilo treinou normalmente na manhã desta sexta-feira no CT

    Danilo está quase pronto para a terceira tentativa de retorno após a grave lesão

    ver detalhes
  • Fiel poderá comparecer novamente a um treino na Arena

    Na véspera do Majestoso, Corinthians promove treino aberto à torcida na Arena

    ver detalhes
  • Titulares que não jogaram na Argentina foram a campo nesta sexta

    Trio trabalha com bola e Corinthians deve ter força máxima no Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes