Jadson valoriza invencibilidade do Corinthians, mas prega seriedade em busca por título

Jadson valoriza invencibilidade do Corinthians, mas prega seriedade em busca por título

Por Meu Timão

790 visualizações 3 comentários Comunicar erro

Meia valoriza boa fase, mas prega seriedade

Meia valoriza boa fase, mas prega seriedade

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Embora anime a torcida e parte da imprensa, o grande período de invencibilidade do Corinthians parece não ser pesar para o elenco. O discurso tem sido um só: pensar jogo a jogo e esquecer essa marca. Apesar da tentativa de relevar o fato, Jadson admite a influência positiva da sequência sem derrotas, mas prega a importância de manter a postura em caso de revés.

"A invencibilidade é boa, atingimos 26 jogos, é bom para o grupo, mas não ficamos pensando muito nisso. Uma hora ou outra a derrota vai chegar, faz tempo que nossa equipe não tem um resultado negativo. Quando acontecer, é manter os pés no chão e não perder a confiança. O mérito é do Carille, do grupo e de toda a comissão", declarou o jogador, em coletiva concedida nesta segunda-feira.

"O pessoal aqui é tranquilo, claro que sempre tem uma brincadeira ou outra, mas todo mundo é muito pé no chão. Da mesma maneira que nossa equipe é elogiada pela invencibilidade, não podemos esquecer que tivemos desconfiança no início do ano. Então é manter a seriedade", completou.

O retrospecto quase perfeito já tem gerado alguns discursos de título conquistado, mesmo faltando 24 rodadas para o fim do Brasileirão. O comentarista Antero Greco, por exemplo, afirmou neste domingo que a Taça já tem dono. O camisa 10 alvinegro discorda.

"Campeão? Nada. Tem muito campeonato pela frente. Temos de pensar no nosso trabalho, nos nossos jogos, manter essa sequência de vitórias e deixar que os adversários pensem neles. O grupo está bem fechado, estamos focados, isso que é importante", garantiu.

Leia também:
Jadson relembra ajuda a Cássio em pênalti e pede chance para o goleiro do Corinthians na Seleção
Jadson mira primeiro Dérbi no ano e deixa empate de lado: 'Corinthians tem condições de vencer'

Além de bater a Ponte Preta por 2 a 0 neste sábado, o Timão contou com derrotas de Grêmio e Palmeiras, vistos como concorrentes diretos pela primeira colocação. Com os resultados, Carille e seus comandados abriram nove ponto para o vice-líder - maior vantagem da história nessa altura da competição. Apesar da "ajuda', Jadson faz questão de dar os méritos ao grupo.

"O comprometimento e pensamento positivo ajudam a levar às vitórias, a confiança também. Todo esse tempo com bons resultados. Esses são os pontos fundamentais. Os resultados de outros jogos estão nos ajudando a manter ou até ampliar a distância. Não acredito em sorte, o trabalho dentro de campo se reflete nos jogos", concluiu.

Veja mais em: Jadson e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes
  • Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    [Danilo Augusto] Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez, Roberto de Andrade e Gobbi, últimos presidentes do Corinthians

    Diretor financeiro do Corinthians analisa detalhes do balanço de 2017; leia a entrevista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes