Mattos culpa calendário por derrota do Palmeiras. Mas Corinthians jogou mais em 2017

Mattos culpa calendário por derrota do Palmeiras. Mas Corinthians jogou mais em 2017

Por Meu Timão

Alexandre Mattos se enrolou todo ao explicar derrota para o Corinthians

Alexandre Mattos se enrolou todo ao explicar derrota para o Corinthians

Foto: Divulgação

O diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, principal responsável pela montagem do caro elenco alviverde para a temporada de 2017, cometeu uma gafe e tanto nesta sexta-feira ao tentar explicar a derrota de sua equipe para o Corinthians. O dirigente tentou relacionar o resultado do Dérbi ao calendário supostamente mais apertado do clube da Barra Funda.

"(No CT do Corinthians há) Cones espalhados: assim o Jô joga assim, o Fagner faz isso, o Rodriguinho gosta de jogar assim. Os jogadores caminhando (no campo de treinamento) porque tinham tempo de treinar, tem treinamento. 'Ah, Alexandre, mas isso é para todo mundo do Brasil'. Sim, para quem foi eliminado de alguma coisa. Só vocês pegarem", afirmou, se referindo à eliminação do Timão na Copa do Brasil.

"Enquanto o Palmeiras estava em Guayaquil, nossos adversários na sequência, Cruzeiro e Corinthians, estavam treinando. Isso faz uma diferença enorme. E na minha visão o Palmeiras não jogou mal", completou.

O que Alexandre Mattos não levou em consideração - mas o Meu Timão faz questão de ressaltar - é o fato de o Corinthians ter disputado mais jogos oficiais em 2017 do que o Palmeiras. São 40 partidas do Timão contra 39 da equipe alviverde. De tal forma, fica infundada a justificativa do dirigente palmeirense para tentar explicar a derrota no Dérbi.

Em tempo: Alexandre Mattos vem sendo o principal alvo de críticas da imprensa, da torcida e de boa parte dos conselheiros do Palmeiras após a derrota para o Corinthians. Isso porque o Timão, mesmo gastando muito menos do que o clube alviverde, conseguiu desempenhar um futebol muito melhor em pleno Allianz Parque.

Veja mais em: Derbi e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Alessandro falou sobre o planejamento do Corinthians para 2018

    Alessandro explica busca de reforços e comenta volta de dois emprestados: 'Díficil'

    ver detalhes
  • Super carros do Monster Jam já estão na Arena Corinthians

    Carros gigantes chegam à Arena Corinthians para evento deste sábado; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes