Sobrou até para o assessor! Veja trechos imperdíveis da entrevista de Kazim no Corinthians

Sobrou até para o assessor! Veja trechos imperdíveis da entrevista de Kazim no Corinthians

7.7 mil visualizações 85 comentários Comunicar erro

Kazim demonstrou muito bom humor na coletiva desta terça-feira

Kazim demonstrou muito bom humor na coletiva desta terça-feira

Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians

Entrevista coletiva de Colin Kazim agendada na sala de imprensa do CT Joaquim Grava? Uma coisa é certa: o atacante tira do sério jornalistas e até mesmo torcedores que acompanham o bate-papo ao vivo. Nesta terça-feira não foi diferente: o atacante do Corinthians protagonizou um "talk show" após o treinamento comandado por Fábio Carille.

Abaixo, o Meu Timão separou alguns dos trechos que arrancaram gargalhadas dos profissionais da imprensa presentes no CT do Corinthians. Confira!

Quem disse que não jogo?

Kazim tem apenas 18 jogos com a camisa do Corinthians desde o início do ano. Assim, o atacante acaba mais treinando do que jogando. Ao falar sobre o assunto, o inglês naturalizado turco arranjou um jeitinho um tanto quanto curioso de se valorizar.

"Corinthians fala que treino é jogo e jogo é guerra. Então todo treino eu jogo também, né (risos). Amanhã tenho oportunidade de ajudar meu time", disse, lembrando que será titular contra o Patriotas, nesta quarta-feira, pela Copa Sul-Americana.

Primeiro inglês naturalizado turco? Sem dúvida!

O atual elenco do Corinthians está fazendo história por conta da sequência de invencibilidade que já dura 30 partidas. Kazim, no entanto, pouco participou de tais partidas. Não que o gringo mostre-se muito incomodado com isso...

"Eles (titulares) ganham, eu ganho também. Eles fazem história, eu faço também. Acho que posso ser o primeiro inglês-turco campeão aqui, por exemplo (risos). Pessoalmente, fico bravo, triste por não jogar, mas não tenho como argumentar não jogar, porque a fase do Jô é muito boa", declarou, dando destaque para o papel fundamental que seu colega tem no time.

Ajuda aí, Jô!

Contratado como uma das esperanças de gol do Corinthians para a temporada, Kazim até o momento balançou as redes apenas duas vezes – pela Florida Cup, contra o Vasco, e pelo Paulistão, contra o Audax. Diante da boa fase de Jô, que já soma 16 tentos em 2017, não há lá muito problema, né?

"É difícil fazer gols, mas o Jô faz isso muito bem. Joguei 18 vezes e não perdi. Como posso ficar bravo com o Carille (por ser reserva)?", indagou.

Olha o palavrão!

Questionado se Jô é o melhor centroavante do Brasil na atualidade e se, diante desse cenário, torna-se impossível disputar uma vaga de titular com o camisa 7, Kazim deixou escapar um palavrão. O próprio atacante se repreendeu – e depois caiu na gargalhada.

"Porra, não sei... Opa, desculpa (risos)", começou.

"Eu preciso só treinar. Meu trabalho é treinar. Jogo é uma coisa especial. Eles pagam meu salário para eu treinar. Tem muitos jogadores aqui, não dá para todo mundo jogar. Eu tenho que treinar treinar treinar e, se o Carille gostar, me coloca para jogar", completou.

Sinceridade é tudo

Talvez o auge da entrevista coletiva tenha sido a resposta a respeito da fama que o "invicto Corinthians" vem ganhando na Europa. Kazim, afinal de contas, está recheado de amigos e familiares ingleses. Nenhum desses, contudo, costuma ver o atacante em campo...

"Comentam muito. Eles perguntam: 'Você joga?'. Eu falo: 'Não' (risos)", afirmou, com a maior naturalidade do mundo, caindo na gargalhada e fazendo os jornalistas rirem também.

Xi, quebrou!

Durante as perguntas dos jornalistas a Kazim, o microfone da sala de imprensa apresentou defeito. Denis, assessor de imprensa do clube, então, se dirigiu ao local para trocar o aparelho. Kazim não perdoou a oportunidade de brincar durante o causo:

"Vamos, Denis!", ordenou, entre risos.

Veja mais em: Kazim e CT Joaquim Grava.

Veja Mais:

  • Sornoza será jogador do Corinthians em 2019, salvo improvável problema médico

    Sornoza agenda exames e deve assinar com Corinthians nesta quarta

    ver detalhes
  • Centurión, ex-São Paulo, é uma das armas do Racing para a Sul-Americana

    Líder nacional e turbinado por ex-rivais do Corinthians: como o Racing chega à Sul-Americana

    ver detalhes
  • Hoje técnico da Seleção Brasileira, Tite é também ídolo do Corinthians

    Seleção Brasileira confirmada! Arena Corinthians conhece jogos que sediará na Copa América 2019

    ver detalhes
  • Fiel aprova negociações com trio que pode chegar ao Timão para o ano que vem

    Fiel opina sobre jogadores que ainda podem chegar ao Corinthians para 2019

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes